Moradores precisam comprar 'três águas'