Estado trabalha uma outra forma de gerenciar resíduos

A ideia é implantar uma nova política pública que prevê, até o fim deste ano, a formação de consórcios de gestão integrada de resíduos sólidos em todas as regiões do Ceará