Companhias aéreas não podem cancelar bilhete de volta mesmo se passageiro perder voo de ida

Situação também configura a prática de venda casada, pois condiciona o fornecimento do serviço de transporte aéreo de volta à utilização do trecho de ida