Egídio Serpa: o limão e a limonada