Combustível

Maracanaú: posto chega a vender gasolina por R$ 5,94, mas volta atrás após repercussão

Preços foram praticados de quarta-feira (9) a sexta-feira (11), antes mesmo do novo reajuste da Petrobras, neste sábado

Morador de Maracanaú registrou os valores praticados pelo posto ao longo desta semana. Ele mostrou até um cupom fiscal para comprovar que pagou R$ 5,94 pelo litro da gasolina ( Fotos: VC Repórter )
14:57 · 12.05.2018 / atualizado às 15:15
Assim como na placa de publicidade do posto, a bomba de combustível também constatava o preço de R$ 5,94 pelo litro da gasolina nesta quinta-feira (10) ( Foto: VC Repórter )

Mesmo antes de o novo reajuste da Petrobras entrar em vigor, neste sábado (12), um posto do município de Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), promoveu um aumento surreal no preço da gasolina ao longo desta semana. Em fotos feitas por moradores da região, é possível ver que o local chegou a cobrar R$ 5,94 por litro do combustível, um valor 37% superior aos R$ 4,57 cobrados pelo mesmo posto alguns dias antes. Detalhe, o reajuste da Petrobras foi de apenas 2,23%.

Em contato com a reportagem, o leitor Bruno Gonçalves confirmou que pagou R$ 5,94 pelo litro da gasolina no Posto Tetra, bandeira BR, localizado na Avenida Senador Carlos Jereissati, em Maracanaú. Segundo ele, que guardou o cupom fiscal para provar o fato, os valores foram praticados de quarta (9) a sexta-feira (11), mas foram alterados neste sábado após uma repercussão bastante negativa na região. O preço também constava na bomba de combustível.

"Cheguei a perguntar se o preço não estava errado, mas fui cobrado mesmo assim. Guardei o cupom fiscal para provar que esses valores abusivos foram praticados por este posto e pretendo ir ao Procon para formalizar uma denúncia", disse Bruno, que é morador de Maracanaú e abasteceu na quinta-feira (10), às 10h15. Em fotos feitas por ele, é possível ver que o posto também cobrava R$ 5,94 pela gasolina aditivada e R$ 4,93 pelo etanol.

Valores voltaram ao normal

Na manhã deste sábado, o Diário do Nordeste foi até o Posto Tetra, em Maracanaú, e constatou que os preços dos combustíveis voltaram ao normal no local, já que o litro da gasolina comum estava sendo vendido por R$ 4,57 e o da aditivada, por R$ 4,69. Esses são os mesmos valores apontados para o local no último levantamento da Agência Nacional do Petróleo (ANP), realizado na terça-feira (8).

O Diário do Nordeste tentou contato a manhã inteira deste sábado, por meio de número telefônico do posto, mas não obteve êxito. 

Consumidor pode denunciar, diz Proocon

Segundo o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (ou Procon), o entendimento geral é de que o mercado de combustíveis é livre para se autorregular, mas que um aumento abusivo pode ser passivo de punilções, caso a empresa não consiga dar explicações plausíveis sobre o reajuste. Assim, diz o órgão, qualquer consumidor que se sentir lesado com os valores praticados pode procurar uma unidade do Procon de sua cidade e fazer a denúncia, que será posteriormente apurada.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.