EM MARÇO

Juros para empréstimo pessoal têm leve queda

01:00 · 12.03.2018
Image-0-Artigo-2373391-1
A taxa média do empréstimo pessoal foi de 6,20% ao mês, queda de 0,12 ponto percentual ( Foto: Cid Barbosa )

São Paulo. A taxa de juros do empréstimo pessoal apresentou leve queda neste mês de março; no cheque especial, não houve mudança. A informação veio em pesquisa realizada pela Fundação Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo. Fazem parte da pesquisa Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú, banco Safra e banco Santander.

No empréstimo pessoal, a taxa média dos bancos pesquisados foi de 6,20% ao mês (a.M.), 0,12 ponto percentual menor em relação ao mês anterior, que foi de 6,32% a.M.

Conforme o estudo, a única alteração nesta modalidade foi promovida pelo Banco do Brasil, que alterou de 5,95% para 5,24% a.M., representando uma variação negativa de 11,93% em relação à taxa de fevereiro.

A Caixa Econômica apresentou a segunda menor taxa, 5,70%. Em seguida aparecem banco Safra (5,90%), Bradesco (6,22%), Itaú (6,27%) e a taxa mais alta de juros para empréstimo pessoal ficou com o banco Santander, com 7,89%.

Já no cheque especial, a taxa média dos bancos pesquisados foi de 13,40% a.M., igual à apresentada no mês anterior.

Nesta modalidade, o menor índice foi do banco Safra, com 12,60%. Na sequência, o Banco Itaú registra taxa de 12,91%. Banco do Brasil (13,09%), Bradesco (13,33%) e Caixa Econômica (13,55%) vem na sequência. Santander também teve a taxa mais alta neste quesito, com 14,93%.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.