demanda

Falta etanol em alguns postos de Fortaleza

01:00 · 12.06.2018

Com o desabastecimento provocado pela greve dos caminhoneiros no final de maio e o aumento do preço da gasolina, muitos motoristas buscaram o etanol para abastecer seus veículos. Com o crescimento da demanda, o combustível chegou a faltar em alguns postos da Capital durante esta semana. Mas a expectativa é de que, em breve, a situação esteja normalizada.

Leia ainda:

> Pelo menos 30 ações judiciais questionam tabela de frete 
> Associação questiona tabela de frete rodoviário no STF
> Guardia debate medida com Fiesp

Segundo o assessor econômico do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado do Ceará (Sindipostos-CE), Antônio José Gomes Costa, devido ao aumento significativo na procura por etanol nas últimas semanas, alguns estabelecimentos enfrentam com uma falta parcial do combustível, por problemas logísticos.

"O consumo de etanol aumentou muito nas últimas semanas, o que provocou uma defasagem na entrega em alguns postos na Capital. Mas, em breve, o abastecimento estará normalizado", diz Costa.

Paralisação

Durante a paralisação nacional dos caminhoneiros, o preço da gasolina ultrapassou a marca dos R$ 5,00 por litro em Fortaleza. No dia 26 de maio, o combustível chegou a faltar em quase 90% dos estabelecimentos da Capital. A greve colocou em xeque a política de preços da Petrobras e levou a estatal a congelar o valor cobrado pelo diesel.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.