Resolução do PT enquadra Camilo