MEC volta atrás sobre mudanças em livros didáticos 

Edital publicado permitia publicidade em obras e não exigia mais referências bibliográficas