Alexandre de Moraes envia inquérito sobre Aécio Neves para a 1ª instância

O inquérito investiga um repasse de R$ 5,2 milhões em propina da Odebrecht ao parlamentar por desvios nas obras da Cidade Administrativa, sede do governo mineiro