Haddad chega a 16%, e Bolsonaro vai a 33%, diz BTG