Lei Maria da Penha: descumprimento de medidas protetivas de urgência passa a ser crime

A alteração da Lei ainda define que - em caso de prisão em flagrante - apenas o juiz poderá arbitrar fiança em casos de violência doméstica e familiar contra a mulher