Comunicado: O risco da "caça às bruxas"