Carência de pessoal dificulta fiscalização