Favorito sem soberba

Em seu discurso após convocação, Tite admite que Brasil é um dos favoritos ao título da Copa do Mundo