Informa Temer

Trabalhadores vão receber R$ 7 bi de lucro do FGTS

Distribuição é inédita e deve ser executada pela Caixa até o último dia de agosto, segundo o presidente do banco

01:00 · 09.08.2017
Image-0-Artigo-2280143-1
O cálculo dos dividendos pela Caixa Econômica Federal será finalizado nesta quinta-feira (10), quando ocorre o anúncio oficial ( Foto: José Leomar )

São Paulo. O presidente Michel Temer disse que até o fim do mês entrarão R$ 7 bilhões nas contas de FGTS referentes à metade dos lucros líquidos do fundo relacionado ao ano de 2016. O depósito já estava previsto em medida provisória aprovada em maio e o anúncio sobre o valor seria feito na quinta (10), mas o presidente antecipou a quantia em discurso nesta terça (8).

A revelação foi feita horas após Temer ter dito que o governo estuda aumento da alíquota de Imposto de Renda. "Ninguém conta para a imprensa que na quinta-feira (10 de agosto) nós vamos anunciar R$ 7 bilhões do Fundo de Garantia para os trabalhadores brasileiros, fruto de uma nova remuneração", afirmou rindo, em fala a um público de executivos no Sincovi (sindicato que representa as empresas imobiliárias), em São Paulo.

"E depois dizem que não nos preocupamos com o social", acrescentou.

1º distribuição da história

Depois da fala de Temer, o presidente da Caixa, Gilberto Occhi, disse que o valor de R$ 7 bilhões ainda não é definitivo porque os balanços do FGTS do ano passado ainda estão sendo fechados.

"A novidade é que pela primeira vez na vida há uma distribuição dos lucros do FGTS. A regra que está na lei é que 50% do lucro líquido do Fundo de Garantia será distribuído a todos os trabalhadores que têm conta até o dia 31 de dezembro do ano anterior", afirmou.

Não haverá saque do dinheiro da mesma forma que ocorreu com as contas inativas, mas apenas nas condições previstas em lei, como no caso de demissão.

"Nós iremos pagar aqueles que tiverem direito a fazer o saque. Aqueles que estão aposentados, aqueles que têm contas inativas de acordo com a lei nova, aqueles trabalhadores que porventura também quiserem acessar o seu financiamento imobiliário poderão, em alguns casos, acessar o fundo de garantia", explicou Occhi.

Cálculo até dia 10

O presidente da Caixa Econômica Federal enfatizou que a distribuição de dividendos será feita a todos os trabalhadores que tiverem direito, ou seja, com saldo na conta do fundo ao término de 2016. Os recursos, que serão distribuídos à população pela primeira vez na história, correspondem ao resultado do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) no ano de 2016 e serão proporcionais ao valor existente em cada conta.

"A distribuição de dividendos do FGTS está prevista na mesma medida provisória que liberava o pagamento do fundo das contas inativas. O resultado do fundo ainda não foi fechado. Estamos finalizando os detalhes e as regras serão anunciadas na próxima quinta-feira", informou Gilberto Occhi.

Pagamento em agosto

De acordo com o executivo, a Caixa Econômica terá de fazer o pagamento dos dividendos até 31 de agosto. As pessoas que tiverem contas inativas, conforme o presidente do banco, poderão sacar os recursos.

No entanto, quem for adquirir um imóvel e se enquadra nos requisitos exigidos também terá a possibilidade de abater esse valor no financiamento.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.