Tecidos fluidos e cordas marcam tendências do segundo dia do DFB Festival

Além dos desfiles, a programação teve como destaque show da MC Pocahontas

Escrito por Redação,

Verso
Legenda: Programação de desfiles seguiu celebrando marcas autorais da região Nordeste
Foto: Camila Lima

O segundo dia de DFB Festival trouxe para as passarelas toques de regionalismo e do litoral. Nesta quinta-feira (16), a programação de desfiles seguiu celebrando marcas autorais da região Nordeste.

Entre o line-up, a marca do cearense Even Saldanha apresentou a coleção Éolo SS-20, inspirada no deus grego dos ventos. As peças são compostas de tecidos fluidos, tons de amarelo, bege e branco. Para arrematar, aplicações de corda dão o toque final. 

Com tecidos nobres, texturas plissadas e pinturas à mão, a coleção da Jangadeiro Têxtil em parceria com as estilistas Gisela Franck e Marina Bitu foi outro destaque da noite. Inspiradas no litoral cearense, as peças remetem à fluidez do clima e contam a história das mulheres dos jangadeiros. 

Legenda: Desfile da coleção da Jangadeiro Têxtil
Foto: Camila Lima

Legenda: Desfile da coleção da Jangadeiro Têxtil
Foto: Camila Lima

Legenda: Desfile da coleção da Jangadeiro Têxtil
Foto: Camila Lima

Legenda: Desfile da coleção da Jangadeiro Têxtil
Foto: Camila Lima

A moda masculina de David Lee trouxe a coleção “Under the sun”. Representando o homem contemporâneo com roupas que vão desde a praia ao shopping. As peças trazem muitas listras, xadrez, estampas coloridas, tecidos finos e crochê. Entre o acervo, camisaria, macacões ao estilo jardineiro e mecânico e moletons. 

Legenda: Desfile da nova coleção do designer David Lee
Foto: Camila Lima

Legenda: Desfile da nova coleção do designer David Lee
Foto: Camila Lima

Legenda: Desfile da nova coleção do designer David Lee
Foto: Camila Lima

Legenda: Desfile da nova coleção do designer David Lee
Foto: Camila Lima

A noite contou ainda com desfiles de ESC no palco do DFBeach Club, Cariri Visceral com Bruno Olly, Wagner Kallieno e Rendá de Camila Arraes, que contou inclusive com a apresentadora Niara Meireles desfilando. 

Legenda: Desfile da coleção da marca Rendá
Foto: Camila Lima

Legenda: Desfile da coleção da marca Rendá
Foto: Camila Lima

Legenda: Desfile da coleção da marca Rendá
Foto: Camila Lima

Sustentabilidade 

O ciclo de formações do Dragão Pensando Moda do dia apresentou uma palestra com André Carvalhal, diretor criativo da AHLMA, sobre sustentabilidade e o futuro da moda. 

O escritor dividiu com o público um pouco da trajetória no mundo da moda e reflexões acerca dos impactos da produção têxtil no mundo. “A consciência das pessoas está se transformando e a cabe a quem produz pensar em novos caminhos”, argumentou. 

Logo depois, Carvalhal dividiu a fala em uma mesa-redonda com os empresários cearenses Celina Hissa (Catarina Mina) e Renato Thomaz (Água de Coco).

O espaço conta ainda com a Reserva Sustentável, onde mais de 60 expositores de marcas autorais estão expostos para compra. Roupas, bolsas, cosméticos orgânicos e acessórios estão entre os produtos encontrados. 

Música 

Misturando moda e cultura no mesmo evento, o DFB trouxe nos dois palcos mais atrações. A música ficou por conta da Neon Party, do DJ Nicolas Abe, de Mel Mattos e Junú. No palco SESC, o ballet da Companhia Vera Passos fez apresentação.

O ponto alto da noite foi o show da MC Pocahontas. A funkeira agitou o público com um repertório animado que envolveu funk, swingueira e até forró. 

Na sexta-feira (17) a banda Melim chega a Fortaleza. A programação do DFB Festival segue até sábado (18).