Simone interpreta a obra de Ivan Lins próximo domingo, no Teatro RioMar

A direção geral do espetáculo é assinada por Zélia Duncan. O show marca a véspera do aniversário de 70 anos da cantora baiana

Legenda: Simone volta a Fortaleza e revisa um vínculo de mais de 40 anos com a obra do compositor Ivan Lins

Enquanto os shopping centers começam a receber o Papai Noel a sete semanas do Natal, os versos "Então é Natal, e o que você fez?" podem ecoar na mente de quem já avistou algum símbolo natalino espalhado pela capital cearense. A canção, conhecida na voz de Simone, virou mega hit de fim de ano há 25 anos, transformando a intérprete de diversos autores em uma referência da chegada do período no Brasil.

Para além da marca natalina, Simone chega a Fortaleza e apresenta o show "Simone canta Ivan Lins" no Teatro RioMar Fortaleza (Papicu), neste domingo (10), às 20h. A cantora interpreta o repertório escrito pelo parceiro da MPB, com quem mantém vínculo desde a década de 1970.

A partir do álbum de estreia, em 1973, Simone registrou uma canção dele ("Chegou a hora") e não parou mais. "Eu sou a intérprete que mais gravou o Ivan e seus parceiros. E é incrível como as letras são atuais e correspondem às minhas percepções do momento. Merecíamos esse encontro no palco, dessa maneira, grandioso, íntimo, intenso e com 40 anos de parceria", observa a cantora, em entrevista ao Verso, por e-mail.

Para reunir versões do autor dos hits "Madalena" e "Vitoriosa" no palco, Simone conta com a cantora Zélia Duncan na direção geral do espetáculo. O repertório foi montado com a presença de canções como "Começar de novo", "Antes que seja tarde", "Desesperar", "Atrevida", "Bilhete" e "Daquilo que eu sei".

"Como o universo do Ivan e seus parceiros é imenso, a Zélia foi fundamental na pesquisa e no levantamento do repertório. Houve um verdadeiro garimpo que ela fez nas mais de 400 músicas. E a visão que ela trouxe de intérprete para a direção ajudou a costurar o roteiro. Nossa colaboração sempre traz bons frutos", revisa Simone.

Tempo

A cantora completa 70 anos justamente no próximo Natal, dia 25 de dezembro. O disco que traz o hit natalino, inclusive, se chama "25 de Dezembro" (Universal, 1995). Baiana de Salvador, Simone teve sua trajetória marcada, de início, pela dedicação ao esporte. Jogando basquete, ela chegou às categorias de base da seleção brasileira da modalidade.

Para ela, fazer 70 é um recomeço. "Me sinto viva, plena e pronta, cada vez mais, para a vida. Marcante é estar viva e comemorar tudo que já fiz e muito feliz", atesta a cantora.