Sarau de Poesia Erótica reúne escritoras nesta quinta-feira (23), no Porto Dragão

Evento gratuito reunirá as poetas da antologia “O Olho de Lilith” para ecoar versos e olhares sobre o tema

Legenda: Mika Andrade é organizadora da obra e também uma das poetas da antologia
Foto: Foto: Reprodução/Instagram

Vozes de potentes mulheres somam-se a outras na noite desta quinta-feira (23), durante o Sarau de Poesia Erótica. O evento acontece a partir das 19h na Praça das Artes, no Porto Dragão, reunindo as poetas que compõem a antologia “O Olho de Lilith”, cujos textos contemplam a temática.

As escritoras são Anna K Lima, Argentinna Castro, Ayla Andrade, Bianca Ribeiro, Jesuana Sampaio, Mika Andrade, Nádia Camuça, Nina Rizzi, Sara Síntique, Suellen Lima e Vitória Régia. Com microfone aberto, elas vão recitar suas produções e também promover outros momentos de interação com o público.

Em entrevista ao Verso, Mika Andrade, que organizou “O Olho de Lilith”, confere mais detalhes sobre a ação.

“A ideia é que seja uma apresentação das autoras da antologia. A gente também vai conversar um pouco sobre o processo de escrita da obra, como foi a seleção dos poemas e das escritoras, sobre a editoração do livro, entre outros assuntos”, enumera.

A poeta – que já publicou “alguns versos pervertidos e outros indecorosos” e “descompasso”, por exemplo, além de ter seu nome em outras antologias – conta que a obra nasceu da necessidade de ter um espaço com autoras cearenses

“À época, eu estava trabalhando numa zine de poesia erótica, então pensei em por que não uma antologia também ser sobre esse tema, visto que ainda não havia nenhuma. Convidei algumas poetas e a obra foi criada”, conta.

Ela menciona ainda que o título primeiro foi disponibilizado no formato e-book, por meio de download gratuito, e depois surgiu a oportunidade de conceber o exemplar em formato físico. Este último foi publicado pelo selo Ferina e lançado oficialmente em maio do ano passado.

Legenda: A escritora Nina Rizzi também faz parte de "O Olho de Lilith"
Foto: Foto: JL Rosa

Discussões

Mika comenta ainda que considera relevante o fato de o sarau acontecer tendo em vista a ausência de eventos que contemplem o tema. 

“Tem um fator bastante importante também que é o fato de as pessoas que vão se apresentar são mulheres. Há muitos saraus em Fortaleza, mas não há uma participação feminina muito grande – pelo menos nos que eu participo eu não vejo”.

E completa: “Sendo um sarau de poesia erótica, acho extremamente relevante que a gente seja citada, que as pessoas que estejam lá possam ouvir das mulheres como é que é o erotismo, que há muito tempo é retratado pelos homens, e que não soa verdadeiro porque é completamente, no quesito de vivências e experiências”.

A proposta é que, a partir desta primeira edição do sarau, o evento possa acontecer em outros Estados e ganhe maior amplitude em Fortaleza, otimizando para que aconteça com mais frequência. “A expectativa é que tenha muita gente, que seja uma festa, que seja lindo”, finaliza Mika.

Serviço
I Sarau de Poesia Erótica
Nesta quinta-feira (23), às 19h, no Porto Dragão (R. Bóris, 90 - Centro). Gratuito.
 

Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?