Primeira edição virtual do Festival Eleazar de Carvalho começa neste domingo (12)

A XXII edição do evento será aberta neste domingo com apresentação da Orquestra Jovem Sesc Pará, às 19 horas, sob a regência do maestro Rodrigo Moraes. Aulas e concertos serão transmitidos pela TV Unifor e em seu canal no YouTube

Festival Eleazar de Carvalho 2020
Legenda: Diferentemente dos anos anteriores, em respeito aos protocolos de segurança devido à pandemia de Covid-19, todas a s atividades do Festival Eleazar de Carvalho serão virtuais em 2020
Foto: Ares Soares

Willian Ciriaco tinha apenas 20 anos quando participou pela primeira vez do Festival Eleazar de Carvalho, no campus da Universidade de Fortaleza, uma instituição da Fundação Edson Queiroz, em 2009. Natural de São Paulo, o então graduando em Música viu sua trajetória sair do foco do instrumento (saxofone) para abraçar a regência, a partir de uma oficina oferecida pelo evento. Willian colhe os frutos dessa escolha até hoje, atuando como professor no Ceará. Assim como ele, cerca de 300 estudantes inscritos na XXII edição do Festival, que ocorrerá, de forma virtual e gratuita, entre domingo (12) e o próximo dia 26 de julho, poderão ter suas vidas transformadas pela diversidade da música clássica brasileira.

Esta é a primeira vez que o evento acontecerá online, devido aos protocolos de segurança necessários para conter o novo coronavírus. A impossibilidade de ele ser realizado de forma presencial foi um desafio que a diretora artística Sônia Muniz Carvalho, viúva do maestro Eleazar de Carvalho, soube driblar com reinvenção.

“O festival virtual é apenas uma mostra do que fazemos nas três semanas, quando os alunos têm três horas diárias de aula, três horas de ensaio de orquestra, de banda, de coral; e, todas as noites, apresentações. Neste ano, a edição virtual consistirá de masterclasses, apresentações digitais e um retrospecto de alguns momentos de festivais anteriores”, anuncia, convidando o público geral a conferir as atividades abertas da programação, a serem disponibilizadas na TV Unifor (canal 181 da NET e no canal do YouTube no turno da noite).



Na visão da diretora artística, manter essa tradição de 22 anos, 16 deles em parceria com a Fundação Edson Queiroz e a Universidade de Fortaleza, é fundamental.

“Fruto do desejo do maestro de dar aos jovens músicos a oportunidade de aperfeiçoarem sua técnica, tendo contato com professores de diferentes métodos, e de não perderem a confiança na música e em seu poder de trazer a beleza e consolação, mesmo nos momentos mais difíceis como o que estamos passando”, avalia Sônia.

Parceria

Participante ativo da organização e realização do Festival Eleazar de Carvalho desde 2005, Randal Pompeu, vice-reitor de Extensão da Universidade de Fortaleza, igualmente reforça a importância da realização do evento nesse contexto, bem como reafirma o compromisso da instituição de ensino com o projeto.

“Assim como tem ocorrido com as aulas e atividades administrativas, a Universidade de Fortaleza adaptou-se rapidamente ao contexto de isolamento também no que concerne a seus projetos culturais e de responsabilidade social, sobretudo mediante o uso de tecnologias da informação. O aprendizado resultante desta edição virtual do Festival Eleazar de Carvalho será muito valioso a todos, uma vez que serão vencidas eventuais resistências a tais tecnologias e, pelo aprimoramento dessas ferramentas, poderemos aproveitar ao máximo seu potencial, inclusive alcançando mais pessoas”, observa.

Neste sentido, o diálogo com a TV Unifor, veículo responsável por conectar o público geral ao evento, foi indispensável. Com esse apoio, as aulas, que aconteceriam no campus da Universidade, foram transferidas para ambientes virtuais administrados pela equipe da TV. Toda noite, além das apresentações musicais, as masterclasses realizadas durante o dia serão disponibilizadas na programação da TV Unifor e em seu canal do YouTube. Assim, além dos alunos que participaram ao vivo da atividade, todos os outros interessados vão ter acesso ao conteúdo, mas, neste caso, sem a emissão de certificados.

Atividades

O músico Willian Ciriaco já está inscrito nesta edição do Festival e demonstra ansiedade por mais essa experiência. “Irei fazer o curso de regência orquestral com o maestro Rodrigo Vitta (SP). Estou bastante empolgado em participar, e grato, pela organização do festival persistir e lutar por sua existência, ainda mais nesse ano totalmente atípico”, afirma.

Vitta, que é também assistente artístico do evento, e participa dele há seis edições, destaca vários diferenciais positivos dessa primeira modalidade virtual, a começar pelo alcance, visto que o número de estudantes inscritos praticamente dobrou. Ele adianta detalhes metodológicos importantes.

“É uma programação riquíssima. No caso da minha regência, por exemplo, à noite os meus alunos vão poder assistir a várias obras que eu regi, tanto no Festival Eleazar de Carvalho quanto em outros lugares. A ideia é, toda tarde, assistir ao seu professor, e, à noite, ver seu metiê artístico, além das grandes recordações, grandes concertos que foram feitos na sala Celina Queiroz, dentro da Unifor, no período do Festival”.

O maestro também destaca, na programação, o Concurso Jovens Solistas e Regentes, que dará aos músicos vencedores a chance de se apresentarem com a orquestra na edição 2021 do Festival Eleazar de Carvalho. “Na final, que será exibida no sábado, dia 25 de julho, eles tocarão ao vivo, de onde estiverem, transmitindo para nós. A TV Unifor vai liberar à noite para as pessoas assistirem aos candidatos que passarem”, pontua.

Entusiasta do evento, seja ele presencial ou online, Vitta considera que a edição deste ano é mais um marco dessa parceria com a Fundação Edson Queiroz e a Universidade de Fortaleza. “Nesse momento tão transformador que essa pandemia está trazendo, o Festival acena que está dentro, fazendo sua parte, ajudando a cultura brasileira e as pessoas a verem um Brasil que muitos não conhecem”, conclui.

Programação

Festival Eleazar de Carvalho

De 12 a 26 de julho de 2020, Gratuito
TV Unifor canal 181 da NET e canal da TV Unifor no Youtube</CF>

Concerto de abertura

Domingo (12/07)
19h às 20h30 - Orquestra Jovem Sesc Pará – OJSP, maestro Rodrigo Moraes

Concerto de encerramento

Domingo (26/07)

19h às 20h30 - Orquestra do Festival Eleazar de Carvalho, Piano: Sonia Muniz e maestro Rodrigo Vitta

Confira programação completa:

http://eleazarfundec.org.br/festival/