Novo single de Emicida homenageia Belchior e traz parceria com Pabllo Vittar e Majur

A faixa "AmarElo" também será o nome do álbum que será lançado pelo rapper no segundo semestre

Legenda: Pablo, Emicida e Majur
Foto: NEY COELHO

Quase dois meses depois de lançar o single "Eminência Parda", Emicida anuncia a chegada de outra faixa inédita. No dia 25 de junho, o rapper disponibiliza a canção "AmarElo", trabalho que conta com as parcerias de Pabllo Vittar e Majur. Outro destaque da empreitada é a referência ao cantor Belchior (1946-2017), presente na composição por meio de um sampler. Emicida usará um trecho da música "Sujeito de Sorte", originalmente gravada para o disco "Alucinação" (1976).

Na página oficial, o músico publicou uma homenagem à estética do disco "Alucinação" e detalhou as razões de referenciar o compositor cearense. Nas palavras do artista, a sonoridade de Belchior também foi determinante na busca por coopreensão da realidade.  

Legenda: Homenagem...
Foto: DIVULGAÇÃO

"Eu aprendi que o hip hop nos faz mudar um hábito, uma mentalidade, pra depois mudar nossa realidade. Mas no meio de todo esse processo, tiveram várias outras músicas que também contribuíram pra eu me tornar mais forte. Esse mês faz 43 anos que o Belchior lançou 'Alucinação' e o verso 'Ano passado eu morri, mas esse ano eu não morro' tá fazendo mais sentido do que nunca", anunciou. 

Legenda: ... ao LP original de 1976
Foto: DIVULGAÇÃO

Videoclipe

O trabalho que une o trio também será o título do disco programado para ser lançado pelo rapper no segundo semestre. "Eminência Parda" (Emicida e Nave) foi lançado em 9 de maio e contou com as participações da cantora Dona Onete e dos rappers Jé Santiago e Papillon. Assim como o single de estreia, "AmarElo" também vai render um videoclipe.

O vídeo promocional foi gravado no dia 16 de maio e usou como locação o Complexo do Alemão, conjunto de favelas da cidade do Rio de Janeiro (RJ). Além de "AmarElo", Emicida gravou solo os discos "O Glorioso Retorno de Quem Nunca Esteve Aqui" (2013) e "Sobre Crianças, Quadris, Pesadelos e Lições de Casa..." (2015)