Naiara Azevedo e João Bosco e Vinícius se desentendem nas redes sociais após lançarem a mesma música

Dupla e cantora divergem sobre contrato de execução de “Onde não tinha espaço”

Legenda: O conflito entre os artistas é sobre quem teria legitimidade de executar a canção “Onde não tinha espaço"
Foto: Foto: Reprodução/Instagram

Os cantores João Bosco e Vinícius e Naiara Azevedo protagonizam uma discussão pública no Instagram desde quinta-feira (2). Os artistas divulgaram versões da música “Onde não tinha espaço”, com apenas um dia de diferença e gerou conflito sobre quem teria legitimidade de executar a canção.

Na quarta-feira (1), João Bosco e Vinícius publicaram a gravação ao vivo da faixa durante o registro do DVD "Ao vivo em Goiânia', em outubro de 2019. No dia seguinte, Naiara divulgou a mesma canção com um clipe, o que causou agitação na dupla. No Instagram, eles publicaram o contrato de exclusividade da composição de Elvis Elan e Henrique Castro. O documento, assinado em julho de 2019, assegurava a vigência de 12 meses.

"Nunca, em toda a nossa história de 26 anos de carreira e quase 20 anos de estrada, gravamos uma música sem as devidas liberações e exclusividade. Aqui é na base do contrato, do preto no branco, do jogo limpo. Fazemos muito bem o nosso dever de casa. A honestidade e o respeito vêm sempre em primeiro lugar”, escreveram na legenda do post.

A atitude dos sertanejos desagradou Naiara, que alegou não ter sido comunicada antes da exposição pública da situação. A cantora garantiu ainda ter o direito de gravação da faixa, apesar de não ser exclusiva. Nos comentários, a cantora se mostrou surpreendida com a manifestação.

"Eu explicaria tudo para vocês sem nenhum problema, porque não agi hora nenhuma de maneira errada. Eu respeito muito os autores, jamais soltaria algo sem liberação, não é da minha conduta e muito menos da minha gravadora, na qual faço parte a mais de quatro anos. Não é a minha música de trabalho, então não quis pegar a exclusividade dessa música, mas tenho sim a liberação dela”, rebateu.

E completou: “Fiquei muito decepcionada com o fato de não terem averiguado os fatos antes de soltarem isso de maneira extremamente pejorativa, pois poderíamos ter esclarecido tudo de uma melhor forma. No mais, continuo respeitando e sendo fã da dupla”.

Esclarecimento

Nesta sexta-feira (3), Naiara Azevedo publicou nos stories do Instagram um comunicado de posicionamento sobre o caso. “A NA Produções Artísticas, escritório responsável pela carreira da cantora Naiara Azevedo, esclarece por meio dessa nota o mal entendido acontecido na noite de ontem (02) com a música 'Onde Não Tinha Espaço'. Naiara foi acusada de não ter liberação para gravar uma música que tinha contrato de exclusividade com outra dupla sertaneja. O empresário da cantora, Rafael Cabral, possui a liberação da faixa desde março de 2018”, afirma.