Memorial Belchior será inaugurado em Fortaleza

Exposição permanente, no primeiro andar do Centro Cultural Belchior, deve ser aberta ainda na primeira quinzena de agosto

Legenda: O memorial permanente em homenagem ao artista sobralense ocupará todo o primeiro andar do Centro Cultural Belchior
Foto: FOTO: THIAGO GASPAR

Pouco mais de dois anos após a abertura do Centro Cultural Belchior, sediado nas proximidades do Estoril, na Praia de Iracema, um memorial em homenagem ao cantor falecido no dia 30 de abril de 2017 será inaugurado no mesmo equipamento. A proposta, de acordo com o diretor do Centro, Lenildo Gomes, é ocupar todo o primeiro andar do espaço, ainda na primeira quinzena de agosto, com uma exposição permanente em tributo ao artista, mas dialogando com a produção contemporânea em torno de sua obra. 

"Esse memorial é uma dívida da gestão do Centro com o legado do Belchior. É nosso reencontro com este compromisso de prestar este tributo, mas sempre pensando na contemporaneidade, com uma linguagem mais interativa, recursos digitais, tecnológicos", adianta Lenildo.

O legado, a obra e a história do cantor poderão ser vistos, gratuitamente, por meio da ótica do arquiteto André Scarlazzari Silva – que se dedica a projetos culturais através da concepção, desenvolvimento e montagens de exposições temáticas e museus há mais de 10 anos em todo o Brasil. Além dele, o projeto também contou com a contribuição de familiares, fãs e pesquisadores de Belchior. O orçamento do memorial foi avaliado em R$130 mil reais.

"Na exposição, nós teremos uma linha do tempo interativa, na qual as pessoas acompanharão o processo criativo e os acontecimentos da vida do cantor, e poderão selecionar o que tem mais interesse em se aprofundar. Além disso, haverá também o acervo de música, álbuns que serão acessados, e vídeos do próprio Belchior falando sobre a carreira", adianta Lenildo sobre o acervo. Alguns documentos, a exemplo de boletins escolares, e também fotografias completarão a mostra permanente.

Saiba mais 

O Centro Cultural Belchior foi inaugurado no dia 18 de maio de 2017, menos de um mês após a morte do cearense. Na ocasião, entraram em cartaz duas exposições: “Cores e Cantos", com acervo de artes plásticas, vídeos e músicas em homenagem a Belchior; e a exibição de peças de Aldemir Martins, com curadoria do artista plástico Tota. 

O equipamento dispõe de uma galeria (espaço que será ocupado pelo memorial), sala multiuso, auditório, mirante e espaço gastronômico – ocupado pelo Mira Cozinha – que oferece um cardápio variado,  incluindo opções veganas e vegetarianas, com opções de almoços e quitutes, além de uma cartela de drinks diversos.

Serviço
Endereço: Rua dos Pacajus, 123, Praia de Iracema
Horário de funcionamento: De terça a sábado, de 10h às 22h
Contato: (85) 3219-0924

Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?