Mario Frias exonera seu chefe de gabinete, Gustavo Menna Barreto

Ainda não foi publicada a contratação de um substituto

Mario Frias
Legenda: Frias é amigo de infância de Menna Barreto
Foto: Roberto Castro/ Mtur

O chefe de gabinete da Secretaria Especial da Cultura, Gustavo Menna Barreto, foi exonerado do cargo nesta segunda (2), de acordo com nota publicada no Diário Oficial da União.

Amigo de infância do secretário Mario Frias, ele ficou cerca de um ano no cargo, no qual era responsável por autorizar as publicações nas redes sociais das entidades vinculadas à pasta.

A aprovação prévia pela pasta para postagens em redes sociais, sites e portais oficias do governo foi determinada em setembro de 2020.

À época, a Secretaria da Cultura informou que não se tratava de censura, mas de uma busca de "padronização das publicações, levando em consideração apenas a questão da identidade visual".

A reportagem entrou em contato com Menna Barreto, mas ainda não teve resposta. Não foi publicada a contratação de um substituto.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?

Assuntos Relacionados