Maisa Silva virou vegetariana ao ver filme e agora prefere batata frita e pipoca

O nome do estilo alimentar é ovolactovegetariano, a apresentadora não como carne, mas consome derivados dos animais, a exemplo de mel, ovo, leite e laticínios

Imagem: Reprodução/Instagram
Legenda: Indagada por um dos seguidores sobre quais seriam os seus pratos veganos, Maisa destacou batata frita e pipoca como favoritos
Foto: Reprodução/Instagram

A apresentadora Maisa Silva, 18, resolveu mudar a sua alimentação depois que assistiu, em 2017, o filme "Okja". De acordo com ela, esse foi o estalo para que começasse uma reeducação alimentar.

Segundo a apresentadora, os resultados de seus exames antes da mudança também a deixaram intrigada. Ela tinha muito carboidrato no sangue, estava quase diabética e passava mal com frequência. A nova rotina foi contada por ela em suas redes sociais e canal no YouTube.

"O nome do meu estilo é ovolactovegetariano, ou seja, eu não como carne, mas eu como derivados dos animais, como o mel, ovo, o leite, laticínios", iniciou.

Em setembro de 2018, após mais uma batelada de exames, viu que poderia abandonar definitivamente a carne vermelha. "Fiz alguns exames. Descobri que eu não era intolerante a lactose, apesar da minha barriga ficar estufada e até vomitava. Quando cortei a carne, parei de passar mal. Então, saudades de comer um bife, uma picanha? Sim, mas eu não vou continuar comendo carne vermelha", disse.

Em agosto de 2019, ela decidiu que não comeria mais carne nenhuma, nem peixe nem frutos do mar. Ela também diz que não critica quem come, mas que, para ela, não funciona mais.

"Quando eu sento para comer com meus pais e eles comem carne, não sinto nojo ou enjoo. Eu respeito e não fico impondo para ninguém que as pessoas têm que parar de comer carne. Eu acho mais saudável? Sim, mas respeito todos", afirmou.

Indagada por um dos seguidores, Maisa brincou sobre quais seriam os seus pratos veganos preferidos em 2020. "Ah, gente, claro que minha comida favorita vegana é batata frita e pipoca."