Livro da escritora cearense Jarid Arraes integra lista de mais vendidos da Flip 2019

Publicado em 2017, "Heroínas negras brasileiras em 15 cordéis" divide espaço com títulos escritos por nomes como Djamila Ribeiro e Grada Kilomba

Legenda: Referência nacional no que toca a ativismo negro na literatura, Jarid Arraes é destaque na Flip 2019
Foto: Foto: Divulgação

Finalizada na noite do último domingo (14), a Festa Literária Internacional de Paraty (Flip) já apresenta alguns números importantes relativos à última edição. Entre eles, a lista dos 15 livros mais vendidos na livraria oficial do evento, em que a cearense Jarid Arraes aparece com a obra "Heroínas negras brasileiras em 15 cordéis", publicada em 2017 pela editora Pólen.

A escritora, natural de Juazeiro do Norte e radicada em São Paulo, integrou a seleção oficial de autores e autoras convidados para a programação oficial da feira, sendo a primeira mulher cordelista a compor esse panorama.

Na ocasião, ela participou, no dia 13, da mesa Vila Nova da Rainha, no Auditório da Matriz, com Carmen Maria Machado, apresentando o mais recente livro, "Redemoinho em dia quente", seu primeiro de contos, saído pela Companhia das Letras.

Nesse movimento, também apresentou uma visão "refrescante" do sertão e bradou, junto à parceira na mesa, que a literatura é sobrevivência para as mulheres, atestando a força de sua trajetória na escrita, tanto em verso quanto em prosa.

Legenda: Livro de Grada Kilomba foi o mais vendido desta edição da Flip
Foto: Foto: Cortesia da artista

Diversidade

Na referente lista em que figura o nome de Jarid, também aparece a autora portuguesa Grada Kilomba – que lidera a lista, com "Memórias da Plantação - Episódios do Racismo Cotidiano", da Cobogó ; a nigeriana Ayobami Adebayo, com "Fique Comigo", da HarperCollins; e Ailton Krenak, com "Ideias para Adiar o Fim do Mundo", da Companhia das Letras.

Djamila Ribeiro e Gaël Faye também estão na seleção, que primou pelo destaque a negros e indígenas. Veja, abaixo, lista completa com os 15 títulos mais vendidos da Flip 2019 divulgado pela livraria oficial do evento:

1) Memórias da Plantação - Episódios de Racismo Cotidiano - Grada Kilomba (Cobogó)

2) Fique Comigo - Ayobami Adebayo (HarperCollins)

3) Ideias para Adiar o Fim do Mundo - Ailton Krenak (Companhia das Letras)

4) Também os Brancos Sabem Dançar - Kalaf Epalanga (Todavia)

5) Meu Pequeno País - Gaël Faye (Rádio Londres)

6) Sobre o Autoritarismo Brasileiro - Lilia M. Schwarcz (Companhia das Letras)

7) Uma Noite, Markovitch - Ayelet Gundar-Goshen (Todavia)

8) Maternidade - Sheila Heti (Companhia das Letras)

9) Lugar de Fala - Djamila Ribeiro (Pólen)

10) O Oráculo da Noite: A História e a Ciência do Sonho - Sidarta Ribeiro (Companhia das Letras)

11) Heroínas Negras Brasileiras em 15 Cordéis - Jarid Arraes (Pólen)

12) Cat Person e Outros Contos - Kristen Roupenian (Companhia das Letras)

13) Paletó e Eu - Memórias do Meu Pai Indígena - Aparecida Vilaça (Todavia)

14) Noite em Caracas - Karina Sainz Borgo (Intrínseca)

15) Terra Inabitável - David Wallace-Wells (Companhia das Letras)