Líder do 'BBB 20' poderá escolher o que os colegas podem ou não comer

A edição do programa terá moradores anônimos inscritos e participantes convidados

Legenda: Tiago Leifert tornou-se apresentador a partir da décima sétima temporada, substituindo Pedro Bial.
Foto: Reprodução/Instagram

Uma das novidades da 20ª edição do Big Brother Brasil é em relação ao poder dado ao Líder da casa. O reality show estreia no próximo dia 21.  O sortudo da semana que conseguir o papel de Líder poderá definir quem ficará na Xepa e quem estará no grupo VIP dos alimentos, segundo informa o colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo.

Isso significa que ele terá poder de dizer quem come mais ou menos e até melhor, já que entra em jogo a variedade de alimentos disponibilizados. Alguns outros spoilers já foram dados sobre essa nova edição. Segundo a emissora, o time de moradores será formado por várias tribos e terá uma mescla entre anônimos inscritos e convidados.

Além disso, tanto a decoração da casa quanto as provas serão remodeladas. Haverá releituras de clássicos de edições passadas para fazer com que o telespectador e o próprio morador da mansão relembre dos principais momento das 20 edições.

Uma nova dinâmica também ocorrerá entre os brothers. A prova do monstro receberá inspirações de edições anteriores. Em contrapartida, os participantes terão novas formas de escapar do paredão, o que fará todos mudarem o jeito de acompanhar os desdobramentos do BBB.

Sobre os participantes, o que se sabe até então é que a Globo queria contar com influenciadores digitais famosos. Porém, muitos deles já recusaram o convite, como o caso de Carlinhos Maia e Felipe Castanhari.

Também já se sabe que o trio Bruno de Luca, Titi Müller e Vivian Amorim vai apresentar o BBB - A Eliminação, programa da Multishow que faz um bate-papo com os eliminados de cada semana do Big Brother Brasil 20. 

Outra novidade é que a atriz Deborah Secco, 40, foi convidada para fazer uma participação especial ao longo do reality.