Lázaro Ramos e Taís Araújo protagonizam a série 'Amor e Sorte' na TV

Com estreia prevista para setembro na TV Globo, o trabalho dividido em quatro episódios reúne histórias sobre relacionamentos em tempos de isolamento social

Imagem: Divulgação
Legenda: Lázaro Ramos e Taís Araújo retratam um casal confinado que, ao divergir sobre uma questão ideológica, chega a discussão matrimonial turbinada pelos nervos à flor da pele.
Foto: Divulgação

Administrar os relacionamentos tem sido um dos desafios desse período de isolamento social. E é sobre esse assunto que a  série 'Amor e Sorte', criada por Jorge Furtado, reúne casais como Lázaro Ramos e Taís Araújo, Caio Blat e Luisa Arraes, Emilio Dantas e Fabiula Nascimento. A série  tem previsão de estreia em setembro na TV Globo em  quatro episódios independentes. O quarto episódio promete surpreender o público em cenas  com Fernanda Montenegro e Fernanda Torres, interpretando mãe e filha. 

Lázaro e Taís são os personagens do episódio assinado por Alexandre Machado, autor de ‘Os Normais’ e ‘Shippados’, no primeiro trabalho após a partida de seu grande amor e parceira de profissão, Fernanda Young. O episódio retrata um casal confinado que, ao divergir sobre uma questão ideológica, chega a  discussão matrimonial turbinada pelos nervos à flor da pele.

Com o texto em mãos, Lázaro e Taís precisaram se preparar para além de estudá-lo e interpretá-lo.

“A gente trabalhou duríssimo para colocar esse episódio na rua. O Lázaro tem muito mais knowhow do que eu tecnicamente, já dirigiu um filme, entende de lente e de coisas que eu não entendo. Tive que me esforçar para fazer e conseguir fazer. Até montagem de microfone a gente fez. A equipe estava remota, nos ajudando muitíssimo, mas não estavam aqui. Eles nos ajudavam, mas dependiam muito do nosso empenho. Então, era empenho dos dois lados, da equipe e nosso. Foi muito bonito de ver esse trabalho colaborativo”, comenta Taís.

Apesar da experiência como diretor, Lázaro também destaca o grande aprendizado que foi realizar este trabalho: “Foi difícil porque é uma demanda muito diferente de quando trabalhamos com a equipe próxima. E, mesmo eu tendo experiência como diretor, tendo estudado um pouco para exercer minha profissão, tudo era muito diferente. Os equipamentos que chegaram, a maneira de se relacionar e conversar com os técnicos, com o diretor de fotografia à distância, a gente teve que criar nosso próprio vocabulário para esse momento. Mas, ao mesmo tempo, foi tudo muito prazeroso. Porque nesse momento em que está difícil exercer a nossa profissão, porque é uma profissão que necessita muito de proximidade, poder estar em cena, decorar o texto, atuar... Com um texto da qualidade do Alexandre Machado, trouxe alegria junto. Valeu muito a pena”.

Casamento e divórcio

O texto protagonizado por Caio Blat e Luisa Arraes protagonizam é deles próprios e de Jorge Furtado, o qual fala sobre um relacionamento que começa quando as pessoas precisam entrar em confinamento. 

Já os atores Emilio Dantas e Fabiula Nascimento interpretam a história de um casal que caminha para o divórcio quando o isolamento começa, com texto assinado pelas autoras Jô Abdu e Adriana Falcão, que têm em comum séries de sucesso no currículo como ‘A Grande Família’.

O quarto episódio promete surpreender o público em cenas protagonizadas por Fernanda Montenegro e Fernanda Torres, interpretando mãe e filha que precisam lidar com o isolamento e seus fantasmas do passado. 

O texto é de Antônio Prata - que tem tratado sobre o tema da quarentena semanalmente com seus leitores e seguidores - ao lado de Chico Mattoso, Fernanda Torres e Jorge Furtado. 

O episódio conta com a direção artística de Andrucha Waddington, marido de Fernanda, que conduziu as gravações ao lado dos filhos, Pedro e Joaquim e do diretor de fotografia João Faissal. A equipe contou com produção remota de arte e de figurino e foi captado presencialmente na região serrana do Rio de Janeiro, onde a família passa esse período.

 

Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?