Irmã de Naya Rivera diz não estar preocupada com as 'aparências' após ir morar com ex-cunhado

A modelo se pronunciou sobre as especulações que surgiram após a notícia de que ela foi morar com Ryan Dorsey para ajudar na criação do seu sobrinho, Josey, 5

Imagem: Reprodução/Instagram
Legenda: Em publicações no stories do Instagram, a modelo escreveu que não está preocupada com as aparências das coisas, porque ninguém pode ver cada momento agonizante que eles suportaram
Foto: Reprodução/Instagram

A modelo Nickayla, irmã de Naya Rivera, morta em julho após desaparecer em lago na Califórnia (EUA), se pronunciou sobre as especulações que surgiram após a notícia que ela foi morar com Ryan Dorsey, seu ex-cunhado, para ajudar na criação do seu sobrinho, Josey, 5.

Em publicações no stories do Instagram, a modelo escreveu que "não está preocupada com as aparências das coisas, porque ninguém pode ver cada momento agonizante que todos suportamos."

O Daily Mail publicou fotos de Nickayla e Dorsey de mãos dadas e disse que os dois estão inseparáveis desde a morte da atriz. Ainda segundo o site, eles alugaram uma casa de três quartos na Califórnia, para criarem o menino juntos. Josey é fruto do casamento de Naya com Dorsey, com quem ela foi casada até 2018. Os dois dividiam a custódia dele.

"Na época mais sombria da minha vida, a única coisa que importa são meus amigos e minha família. Estar presente para o meu sobrinho, mesmo que eu não possa fazer o mesmo por mim", disse Nickayla no Instagram.

"Eu aprendi que o que mais importa é mostrar compaixão, não julgar os outros e nunca dar um momento como garantido. Espero que todos vocês possam fazer o mesmo".

Conhecida pelo papel de Santana Lopez no seriado "Glee", Naya Rivera morreu aos 33 anos após ficar cinco dias desaparecida no lago Piru, na Califórnia. O filho estava com ela no passeio, e foi encontrado sozinho no barco que a atriz tinha alugado.

A Polícia de Ventura, na Califórnia, disse acreditar que Naya Rivera conseguiu tirar o filho de quatro anos da água, mas não teve força para se salvar e acabou se afogando. Segundo o xerife Bill Ayub, responsável pelas buscas, Josey, contou que ele e a mãe nadavam juntos.

"Foi durante esse período que o garoto descreveu que a mãe o ajudou. Ele disse aos investigadores que olhou para trás [ao subir no barco] e a viu desaparecer na água. Acreditamos que ela reuniu energia suficiente para colocar seu filho de volta no barco, mas não conseguiu se salvar", afirmou o xerife.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?

Assuntos Relacionados