Formação gratuita em audiovisual abre 30 vagas para coletivos periféricos, em Fortaleza

Inscrições online estão disponíveis somente até esta quarta-feira (4/9)

Legenda: Zozimo Bulbul - Alma no Olho, referência de cinema decolonial do curso
Foto: FOTO: reprodução do filme Alma no Olho

A ação formativa Passadiante – Imagens da Decolonização está oferecendo 30 vagas para um curso de quatro meses - de setembro a dezembro deste ano, voltado principalmente aos coletivos de audiovisual das periferias de Fortaleza. As inscrições são gratuitas e estão disponíveis por meio de formulário online  até o dia 4 de setembro de 2019. O resultado final será publicado nas redes sociais do projeto no dia 6 de setembro de 2019.

Com objetivo de estimular e potencializar as plataformas de interação da produção independente periférica da cidade, desde os seus processos criativos até as estratégias de distribuição das suas produções, Passadiante propõe a prática audiovisual junto dos circuitos de exibição entre os bairros participantes. Durante toda a formação passarão artistas, realizadoras e realizadores, atuantes de produção, pesquisa; fazedores, trabalhadores de muitos lugares de Fortaleza, do Nordeste, do Brasil. 

Ao longo de dois meses em mapeamento de coletivos e ações de formação compartilhada, chegaram junto desta ideia os coletivos: Podecrer, Coletivo de Audiovisual do Titanzinho, Entrepólos, Tentalize, Zóio, Banho de Chuva, Entreolhos e Nigéria, desenhando processos de acordo com os desejos e necessidades destes grupos e dos próximos que virão a compor essa turma.

A partir deste levantamento, o curso se divide em três eixos, sendo o primeiro voltado às aulas técnico/práticas do audiovisual; um segundo momento dedicado a residências artísticas; se desdobrando num terceiro eixo, resultante do que a turma construir no decorrer da formação, podendo ser um filme coletivo, uma exposição, um sarau, dentre outras possibilidades.

No dia 9 de setembro, à noite, no Titanzinho, acontecerá o "Salve geral" de abertura do percurso formativo Passadiante – Imagens da Decolonização.

O projeto é uma realização do Instituto ÁguaBoa Cultural e Marrevolto Produções, apoiado pelo Edital de Cinema e Vídeo (2016) da Secretaria de Cultura do Estado do Ceará.

Serviço
Coletivo Audiovisual do Titanzinho recebe o Salve Geral do Curso Passadiante - Imagens da Decolonização
Exibição dos filmes Tremor Iê e Cortejo do Tambores de Safo
No dia 9 de setembro (segunda-feira), a partir das 17h30, na Praça Tiago Dias (Serviluz)

 

 

Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?