Financiamento coletivo busca recursos para publicações literárias escritas por mulheres no Ceará

Iniciativa da Aliás Editora acontece na modalidade assinatura via plataforma Catarse, buscando promover continuidade dos trabalhos da casa

Legenda: Capa da zine "Escreva como uma mulher", da Aliás Editora, com produções de Kah Dantas, Nina Rizzi e outras importantes escritoras cearenses

Formada por três mulheres artistas –  Anna K Lima, Jéssica Gabrielle Lima e Isabel Costa – a Aliás Editora é uma casa independente de publicação cearense com foco no trabalho, inserção e projeção de mulheres (cis e trans) nas conexões produtivas do livro e da literatura.

De forma a movimentar a cena literária, criar produtos inovadores, incentivar processos de escrita e permitir que a sólida base de leitores do empreendimento continue consumindo produtos com qualidade, a editora lança um projeto de financiamento coletivo na modalidade assinatura.

A iniciativa, intitulada "Temporada", acontece na plataforma Catarse e quem apoiar a campanha mensalmente, via cartão ou boleto bancário, terá direito a recompensas, como publicações virtuais, aulas de escrita, ilustrações, contos exclusivos e feitura de zines autorais. 

É possível apoiar com valores a partir de R$ 8. Nesse caso, a pessoa receberá uma zine virtual produzida pela Aliás Editora, contendo obras de mulheres artistas. Apoiando com R$ 15 ou mais, poderá concorrer em um sorteio mensal de produtos da editora.

Já quem doar R$ 60 ou mais ao projeto vai poder publicar uma e-zine mensalmente com a marca e a produção editorial da Aliás. Por sua vez, no valor de R$ 60, poderá participar de uma aula virtual, todos os meses, com conteúdos de escrita afetiva, revisão, produção e assessoria literária.

 Continuidade

Compreendendo que o cenário mundial mudou e, por isso, a necessidade de se reinventar, a Aliás, com a ação, chancela a necessidade de apoio a artistas num período tão conturbado feito este, de pandemia.

Também deixa claro o desejo de continuidade e aposta contínua na arte feita por mulheres sobre mulheres e para mulheres em território cearense, algo que faz a casa sempre ganhar destaque no setor cultural local.

Soma-se à iniciativa de financiamento coletivo, outras gestadas durante a quarentena. Uma delas é a disponibilização gratuita de livros – a exemplo de "Paginário" – e transmissões ao vivo no perfil da editora no instagram.

Serviço
Temporada - Projeto de financiamento coletivo da Aliás Editora
Apoios a partir de R$ 8, no link catarse.me/bonsventos

Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?