Evaldo Gouveia; programa especial homenageia músico cearense; ouça

O entrevistado foi o biógrafo do artista, Ulisses Gaspar. Um dos maiores artistas cearenses, Evaldo morreu nesta sexta-feira (29), em um hospital particular de Fortaleza, vítima de Covid-19.

Legenda: Evaldo Gouveia morreu nesta sexta-feira (29)
Foto: Reprodução

Dizem que as melhores homenagens são feitas em vida, para que homenageado possa aproveitar o momento. E músico, compositor, cantor e violonista cearense Evaldo Gouveia sentiu isso em novembro de 2019, quando a Rádio Verdes Mares realizou um programa especial em homenagem ao artista no Conexão Verdinha, que teve apresentação da jornalista Daniella de Lavôr. 

Maior trovador do país, Evaldo ouviu o programa de casa. O entrevistado foi o biógrafo do artista, Ulisses Gaspar, que apresentou músicas e contou histórias sobre o compositor e cantor cearense Evaldo Gouveia.

Ouça o programa na íntegra:

Powered by RedCircle

Um dos maiores artistas cearenses, Evaldo morreu nesta sexta-feira (29), em um hospital particular de Fortaleza, vítima de Covid-19. Personalidades cearenses e a Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) lamentaram a morte do músico, aos 91 anos,

Autor de "Sentimental Demais" e do samba-enredo "O Mundo Melhor de Pixinguinha", dentre outras canções que ganharam espaço na memória dos ouvintes dos tempos áureos do rádio até cá, Evaldo Gouveia teve sua obra bastante interpretada e revisitada.

Conforme Ulysses, Evaldo estava com a saúde debilitada desde o fim de 2017, quando apresentou um quadro de pneumonia, em São Paulo. Na época, o artista se internou e no hospital teve um Acidente Vascular Cerebral (AVC). De volta a Fortaleza, Evaldo ficou em tratamento até contrair o novo coronavírus, que debilitou ainda mais seu quadro.