Emanuelle Araújo rebate rumores de namoro com humor: "parece que pego todas as minhas amigas"

A atriz concedeu entrevista ao jornal O Globo na qual falou sobre música, vida pessoal e boatos na mídia

Legenda: Atriz declarou estar solteira no momento
Foto: Foto: Jorge Bispo/Reprodução/Instagram

No ar com a novela Órfãos da Terra, interpretando a personagem Zuleika, a atriz e cantora Emanuelle Araújo concedeu entrevista ao jornal 'O Globo' na qual falou sobre o momento em que vive atualmente, trabalho e relacionamentos. Questionada também sobre os boatos de que estaria namorando outra atriz, ela rebateu com humor: "parece que pego todas as minhas amigas". 

Recentemente, notícias comentavam um suposto envolvimento entre ela e Andreia Horta. Os boatos teriam surgido após uma postagem no Instagram, realizada ainda em janeiro deste ano. "Já disseram que namorava a Nanda ( Costa ), parece que pego todas as minhas amigas. A Andréia é minha irmã. Eu tenho preguiça disso. Por que temos que sexualizar tudo, até o afeto? O que importa se é homem, mulher ou poste? Estamos confusos, tem muita coisa acontecendo, as pessoas não querem olhar para os problemas e a bobagem alivia", comentou.

Há seis semanas, a atriz publicou novamente imagem ao lado da amiga, dessa vez para celebração do aniversário de Horta. "Gargalhemos, irmã. A vida é mesmo uma parada. E nossa alegria ilumina, limpa e ressignifica tudo. Você merece receber imensamente toda a beleza que emana. Na alma , corpo e coração. Viva Deinha!!! Ela é o meu amor!", escreveu.

Momentos difíceis

Entre projetos e a atuação, a artista também comentou sobre o que diz ser "o ano mais triste da vida". Em fevereiro deste ano, Emanuelle perdeu o pai e, desde então, tem lidado com o fato de estar sem a presença do primeiro elo que manteve com a arte. Foi ao lado dele que descobriu a música. "Meu pai tinha falecido e pensei: “Isso vai acompanhar este ano. Tô triste e pronto”. Porque a nossa sociedade exige que a gente esteja sempre ok. Sou uma pessoa alegre por natureza, mas esse está sendo o ano mais triste da minha vida".

Saindo das novelas, em novembro ela celebra os 15 anos da banda Moinho com um show e o próximo trabalho na música deve ser lançado em janeiro do ano que vem. Nele, canções de Jards Macalé compostas ainda nos anos 70. "Decidi gravar o disco às vésperas das eleições. Estava mexida com o que acontecia no país e refletia sobre o que estava fazendo como artista no mundo", relatou.