Editais de incentivo movimentam até R$ 7 milhões para o setor cultural do Ceará

Mesmo com o cenário de cortes no âmbito Federal, quatro importantes políticas públicas da área estão disponíveis em outubro para artistas e pesquisadores cearenses

Legenda: Longa-metragem “Currais”, de David Aguiar e Sabina Colares, contou com apoio do programa Rumos Itaú Cultural (2015-2016) e integra a Semana do Audiovisual Cearense
Foto: David Aguiar

A política de editais segue como uma das mais importantes ferramentas no incentivo à geração de empregos e criação de demandas culturais à população. Quatro iniciativas de fomento estão à disposição de artistas e pesquisadores. O momento é de correr contra o tempo, conhecer bem as ofertas e integrar a melhor alternativa de apoio.

De alcance nacional, o edital Rumos 2019-2020 segue com inscrições abertas até 18 de outubro. O programa mantem o mesmo padrão de seleção desde 2013 (incluindo as ferramentas de acessibilidade garantidas a partir do biênio 2017-2018).

Trabalhos sobre arte e cultura brasileiras, de quaisquer linguagens podem participar. Protagonizado pelo Itaú Cultural (SP), o destaque é a flexibilidade na partilha do suporte financeiro. Inexistem tetos ou valores mínimos estabelecidos para os projetos.

Legenda: Caminhada Rumos em 2017
Foto: Divulgação

Para garantir a melhor compreensão das possibilidades do Rumos, a instituição promove visitas às capitais brasileiras. Hoje, às 19h, a "Caminhada Rumos" acontece no Porto Dragão. A ideia é promover o encontro entre representantes do Itaú Cultural e público. Em pauta, sanar as dúvidas sobre a inscrição, seleção e o acompanhamento de projetos selecionados.

Acesse o edital do Rumos Itau Cultural 

No âmbito local, três outras políticas de incentivo demarcam expectativa. Disponível até quinta-feira (10), acontece o "Processo Eleitoral do Conselho Estadual de Política Cultural do Ceará (CEPC) para o Biênio 2020-2022". A relevância do certame consiste na escolha dos membros da sociedade civil para os cargos de representantes dos segmentos culturais do Conselho Estadual de Política Cultural.

O Conselho tem a missão de, entre outras demandas, consolidar as relações entre a administração pública estadual e os diversos setores da sociedade civil. De caráter normativo, deliberativo, fiscalizador e consultivo, busca promover uma gestão democrática e autônoma direcionada a políticas culturais.

Acesse o Processo Eleitoral do Conselho Estadual de Política Cultural do Ceará (CEPC) 

Audiovisual na mira

Já confirmados, o XIV Edital Ceará de Cinema e Vídeo e o XII Edital Incentivo às Artes começam em outubro e prosseguem até novembro. Mantidas pela Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), juntas, as duas propostas atendem a cerca de 11 linguagens artísticas.

Voltado ao setor audiovisual, o XIV Edital Ceará de Cinema e Vídeo será lançado oficialmente no dia 15 de outubro, durante a Semana do Audiovisual Cearense. O investimento é de R$ 7,1 milhões em linhas de fomento para diversos eixos da cadeia produtiva do audiovisual.

Por sua vez, o XII Edital Incentivo às Artes também conta com apoio na casa dos R$ 7 milhões e atua diretamente com artes visuais, dança, circo, humor, fotografia, literatura, música, teatro, Prêmio Alberto Nepomuceno de Composição Musical e Prêmio Pedro Boca Rica de Teatro de Bonecos. O lançamento acontece sexta-feira (11) e as inscrições vão de 12 de outubro a 6 de novembro.

Acesse o XII Edital Incentivo às Artes 

"Apesar do cenário de ajustes fiscais e de redução de recursos, o investimento do tesouro estadual é equivalente à edição anterior", explica em nota a Coordenadora de Economia da Cultura da Secult, Laízi Fracalossi.

Serviço:
Caminhada Rumos. Hoje, às 19h, no Porto Dragão (Rua Bóris, 90, Praia de Iracema). Gratuito.