Dirigido por cearense, filme "A Vida Invisível" é exibido na TV hoje

Filme foi indicado pelo Brasil para concorrer a uma vaga no Oscar.

Legenda: Fernanda Montenegro interpreta Eurídice

Em entrevista ao Estadão, já cumprindo quarentena em Berlim - foi na estreia de Aeroporto Central no streaming -, Karim Aïnouz disse que estava começando a cair a ficha e ele já conseguia falar com um pouco de distanciamento sobre o fenômeno A Vida Invisível.

O filme venceu a mostra Un Certain Regard no Festival de Cannes, em maio do ano passado, e foi indicado pelo Brasil para concorrer a uma vaga no Oscar.

Não chegou lá e, mesmo que tivesse sido indicado, não teria levado, porque foi o ano de Parasita, de Bong Joon-ho. Além da exaustiva campanha em Hollywood, Aïnouz enfrentou outra maratona no Brasil, onde A Vida Invisível virou o centro das comemorações dos 90 anos de Fernanda Montenegro.

O filme é a atração do Canal Brasil neste domingo, 24, às 23h10.

O longa baseia-se no livro de Martha Batalha, A Vida Invisível de Eurídice Gusmão. Duas irmãs, separadas pelo pai depois que uma delas engravida, passam a vida tentando se reencontrar. As cartas não chegam à destinatária. As atrizes Júlia Stockler e Carol Duarte são ótimas nos papéis. E Fernanda é Fernanda. Faltam adjetivos para exaltar seu imenso talento.


Categorias Relacionadas