Curiosidades do coentro: um tempero indispensável na mesa dos cearenses

O nutrólogo Alexandre Giffoni e a nutricionista Gabriella Frutuoso destacam benefícios e particularidades relacionadas ao conhecido tempero, amado por muitos e odiado por outros

Ssja em forma de molho nas saladas, nas carnes, no baião de dois ou no famoso feijão verde, o fato é que o coentro é uma das ervas mais requisitadas na mesa dos nordestinos, especialmente na dos cearenses.

Apesar da folhinha fazer sucesso na culinária brasileira, árabe e indiana, há quem não aprecie o sabor do coentro. Mas será que existe uma explicação científica para tanto amor e ódio de uma simples plantinha? O nutrólogo Alexandre Giffoni afirma que sim.

Conforme o médico, um dos principais componentes do coentro é uma substância química chamada E-(2)-decenal, que consta também na secreção de defesa de alguns insetos. "E como os seres humanos têm um gene chamado OR6A2, que permite sentir esse cheiro, podemos dizer que o coentro, para algumas pessoas, tenha o cheiro e o gosto de insetos", ressalta o nutrólogo.

Legenda: Guacamole é uma receita de coentro com impacto na história da culinária mexicana

Enfim, para os amantes do coentro, ele pode trazer uma série de benefícios à saúde. A planta é rica em polifenóis, fitoquímicos e carotenoides, substâncias que ajudam no controle do açúcar no sangue. Além de fazer a diferença no sabor e na harmonização das refeições, a iguaria, mesclada à cebolinha verde, é conhecida como cheiro-verde. Suas folhinhas têm efeito anti-hiperglicemia por estimular a secreção de insulina; reduz o colesterol e triglicérides; funciona como diurético, detox do organismo; auxilia na remoção do mercúrio ingerido por água contaminada; e tem ação bactericida contra a salmonela e antifúngica.

Mais vantagens

Segundo o nutrólogo, o coentro é utilizado também como erva medicinal, ajuda a prevenir algumas doenças, reduz os níveis de progesterona para melhorar a fertilidade. "A planta é muito consumida em receitas de remédios caseiros, bem como na cura de resfriados, febres, náuseas, vômitos, problemas de gastrites, antiparasitas, dores reumáticas e nas juntas", acrescenta Alexandre Giffoni.

A plantinha é rica em vitamina A, B1, B2, B3 e C, e ainda conta com ácido fólico, um forte aliado do cérebro, faz bem ao coração, à pele, às unhas e aos cabelos, e ainda melhora a imunidade e previne o desenvolvimento do câncer.

De acordo com o profissional, as folhas possuem uma concentração maior de vitaminas do que as sementes. A melhor maneira de aproveitar suas propriedades é inclui-la na produção das refeições em geral. Porém, o coentro pode ser usado na forma de extratos vegetais e óleos, a partir do processamento das sementes e folhas.

Apesar de fornecer diversos benefícios para a saúde, o condimento não agrada a todos os paladares. Por esse motivo, o indicado é evitar exageros na quantidade quando for utilizá-lo como tempero. "Comece a inseri-lo como ingrediente e aos poucos vá acrescentando-o na preparação das comidas do dia a dia. Quem sabe, o seu conceito sobre ele possa mudar", aconselha o médico.

Opinião

Conforme a nutricionista Gabriella Frutuoso, o coentro ganhou espaço no cardápio nordestino por ser uma erva de fácil acesso. A planta é rica em cálcio, ferro, potássio, magnésio e manganês, além disso possui baixa quantidade de sódio. Dos principais benefícios para a saúde, a especialista ressalta a ação antioxidante, redução de doenças cardiovasculares e degenerativas.

Legenda: O molho de coentro deixa as saladas mais refrescantes e saborosas

O consumo da iguaria ajuda a melhorar o quadro de hipertensão e o funcionamento do intestino. "O coentro pode ser encontrado em forma de folha, sementes ou grãos. Independentemente do formato, todos possuem propriedades importantes para o organismo", afirma Gabriella.

A infinidade de vantagens na ingestão da erva inclui a manutenção de peso. Segundo a nutricionista, as folhas do coentro contêm limoneno, uma substância química que age como um hormônio natural, dificultando o acúmulo de gordura abdominal e dando mais saciedade a quem consome.

"O coentro é um laxante natural, que ajuda no peristáltismo do intestino. Por ser fonte de vitaminas A e C, betacaroteno e outros minerais essenciais, aumenta a imunidade", revela.

Em relação ao paladar, Gabriella diz que existem diversos alimentos que não agradam a todos. Um dos primeiros da lista é o coentro. "Estudos atuais afirmam que a rejeição ou amor pelo coentro é gênico. Ou seja, alguns genes são mais sensíveis ao sabor da erva".

Curiosidades

O coentro e o sabão possuem uma substância em comum, chamada aldeídos. Isso pode levar as pessoas com variação genética a achar o gosto da planta parecido com o do sabão.

Pesquisas mostram que indivíduos com ancestrais europeus têm mais chances de odiar o coentro. Já os habitantes da Ásia e América Latina não revelam problemas. "O gene tem baixo grau de hereditariedade, ou seja, os filhos podem odiar e os pais amarem o sabor do tempero", diz Gabriella.

Receitas

Molho de coentro 
Ingredientes:

  • 1 Iogurte natural sem sabor
  • 50 ml de sumo de limão
  • 2 colheres de azeite
  • 1 colher de vinagre
  • Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo: Misture o iogurte e o limão aos demais ingredientes, mexa bem e sirva fresquinho para evitar alterações no sabor

Guacamole de coentro 
Ingredientes:

  • 3 avocados
  • 1 tomate maduro
  • 1/2 cebola
  • 1 limão espremido
  • 2 colheres de azeite
  • Coentro, sal, pimenta e cominho a gosto


Modo de preparo: amasse o abacate e acrescente a pimenta, a cebola, o suco de limão, o coentro, o sal e o cominho. Os tomates picados devem ser misturados apenas no final do processo. O guacamole deve ser servido imediatamente para manter o frescor dos ingredientes.

Chá de coentro

Ingredientes:

  • 1 litro de água
  •  
  • 1 punhado de folhas de coentro higienizadas
  •  
  • 2 colheres de sopa de sementes de coentro


Modo de preparo: leve a água ao fogo, assim que levantar fervura acrescente as sementes e deixe em fogo baixo por 3 minutos. Em seguida, desligue o fogo e coloque as folhas de coentro. Tome o chá coado ao longo do dia, sem açúcar ou adoçante.