Centenário de Ruth de Souza é celebrado nesta quarta-feira (12), relembre carreira da atriz

A artista foi a primeira mulher negra a atuar no Theatro Municipal e protagonizar uma novela

Atriz Ruth de Souza
Legenda: Ruth de Souza morreu em 28 de julho 2019, aos 98 anos
Foto: Reprodução/TV Globo

A atriz brasileira Ruth de Souza comemoraria 100 anos nesta quarta-feira, 12 de maio. Estrela da peça 'Oração para uma Negra' e dos filmes 'Terra e Sempre Terra', 'Sinhá Moça' e 'Ravina', a atriz morreu em 2019, aos 98 anos.

Conhecida como primeira dama negra do teatro, Ruth foi a primeira brasileira indicada a um prêmio em um festival internacional - melhor atriz pelo trabalho em Sinhá Moça, no Festival de Veneza de 1954.

Ela também foi a primeira atriz negra a atuar no Theatro Municipal e a protagonizar uma novela. 

O centenário está sendo celebrado nas redes sociais e o Google mudou sua logo em homenagem à atriz. Ruth foi tema de desfile da Acadêmicos de Santa Cruz, no carnaval carioca de 2019. Em 2016, a mostra 'Pérola Negra' do Centro Cultural Banco do Brasil exibiu 25 obras da atriz. 

Em 2017, ganhou o prêmio Dandara da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, dedicado a pessoas que contribuem para valorização da mulher negra

Sua trajetória é revisitada no livro 'Uma Estrela Negra no Teatro Brasileiro: Relações Raciais e de Gênero nas Memórias de Ruth de Souza', de Júlio Claudio da Silva. 

Ruth de Souza não era casada e não teve filhos. No dia de sua morte, a sua sobrinha-neta, Midori de Souza, disse que ela era como a matriarca da família, muito importante para todos. 

Carreira

A atriz nasceu no Rio de Janeiro e viveu até os nove anos em Porto do Marinho, em Minas Gerais. Com a morte do pai, voltou com a mãe para Cocapabana. 

Sua estreia nos palcos ocorreu em 1945, anos 23 anos, em 'O imperador Jones', após integrar o Teatro Experimental do Negro. Três anos depois, estreiou no cinema com o filme 'Terra violenta', adaptação de romance de Jorge Amado. 

ruth de souza
Legenda: Ruth foi a primeira mulher negra a atuar no Theatro Municipal
Foto: Reprodução/Cinemateca Brasileira

Ruth estudou na Universidade Harvard e na Academia Nacional do Teatro Americano, em Nova York, com bolsa de estudo da Fundação Rockefeller. 

A atriz integrou produções de três empresas pioneiras no cinema. Entre as obras, estão Falta Alguém no Manicômio (1948), Também Somos Irmãos (1959), A Sombra da Outra (1950), Ângela (1951), Terra é Sempre Terra (1952) e Sinhá Moça (1953). 

Posteriormente, a artista participou de radionovelas e, em 1969, integrou o elenco da TV Globo. Ruth foi a primeira atriz negra a protagonizar uma novela, 'A Cabana do Pai Tomás'. 

A atriz interpretou Carolina Maria de Jesus, autora de Quarto de Despejo, duas vezes, em peça dirigida por Amir Haddad e na minissérie Caso Verdade: Quarto de Despejo, em 1983. 

Ruth permaneceu na Globo até o fim da vida, por cinco décadas, com mais de 40 trabalhos. Seus últimos papeis foram em 'Mister Brau', como ela mesma, e em 'Seu Fechar os Olhos Agora', como Madalena dos Santos. No cinema, a última atuação foi em 2018, no filme 'Primavera'. 

Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?

Assuntos Relacionados