Cantora Ludmila Amaral homenageia clássicos da canção local com a 'Live Ceará'

Além de celebrar nomes como Fagner, Belchior e Fausto Nilo, projeto reúne duetos com Lorena Nunes, Aparecida Silvino, Theresa Rachel e Rebeca Camara

Com 20 anos de carreira, cantora e compositora celebra a poesia de antigas e novas gerações
Legenda: Com 20 anos de carreira, cantora e compositora celebra a poesia de antigas e novas gerações

Nessa quarta-feira (4), às 19h, a cantora e compositora Ludmila Amaral realiza a "Live Ceará". Com transmissão ao vivo pelo canal de YouTube da artista, o show promete um encontro com a poesia da música cearense de ontem e hoje. 

20 especiais canções formam o repertório com duas horas de apresentação. Além de canções próprias ("Recomeço" e "Pés descalços"), Ludmila Amaral passeia pelo cancioneiro de Ednardo ("Terral")  e Belchior ("Como nossos pais"). 

A noite também reserva homenagens a Fagner ("Pedras que cantam"), Manassés e Fausto Nilo ("Palavra de Amor"), David Duarte ("O que eu queria") e Valdo Aderaldo ("Coca-Cola e iguarias").

A "Live Ceará" será gravada e depois transmitida no formato de série. A cada quinta-feira, a partir do dia 12/08, um episódio será compartilhado.

Vozes unidas

Outro ponto alto da noite são as participações especiais. Nomes de destaque do Ceará, Lorena Nunes, Aparecida Silvino, Theresa Rachel e Rebeca Camara cantam composições próprias em dueto com Ludmila Amaral. 

"A intenção é divulgar e valorizar a música cearense que é tão rica, das gerações mais antigas e de compositoras atuais também", explica a cantora.

Estas obras reforçam a riqueza do cenário artístico que pulsa no Ceará. Rebeca Camara traz "Flor de Sal" e Theresa Rachel apresenta "Chão de Areia". Lorena Nunes canta "Bom dia Saudade" e Aparecida Silvino participa com a sua "Janela Aberta".

Apoio à cultura

"Live Ceará" tem direção musical de Eduardo Holanda. A gravação acontece Estúdio Smart luz e conta com cenografia de Márcio Aldigueri e figurino por Rendá. O projeto, avalia Ludmila Amaral, celebra a música do Estado. 

Realizado com recursos da Lei Aldir Blanc, outro aspecto importante do evento é poder incentivar o setor de cultura e eventos do Ceará. 

Com 20 anos de carreira no setor de eventos, Ludmila Amaral atuou em várias bandas de baile e segue hoje à frente da Ludmila Amaral Band. A "Live Ceará", além de levar entretenimento e arte ao público, reforça a necessidade de investimento na área cultural.

"A pandemia nos afetou em cheio, meu mercado. Estamos desde março do ano passado sem trabalhar direito. Então recorri a esse edital pra fazer algo diferente, seguir movimentando meu trabalho e bolei um show para homenagear compositores e compositoras cearenses", reflete a cantora.

Serviço

"Live Ceará", com Ludmila Amaral. Participação especial de Lorena Nunes, Aparecida Silvino, Theresa Rachel e Rebeca Câmara. Quarta-feira (4), às 19, no canal de YouTube da cantora. O show será retransmitido em quatro episódios. Dias 12, 19 e 26/08 e 2 de setembro.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?