Bruno Gagliasso vence Detran-RJ na Justiça e recupera direito de dirigir

O ator entrou na Justiça contra o órgão devido a sete multas e quase 30 pontos na carteira

Bruno Gagliasso
Legenda: O caso teve uma primeira vitória parcial de Gagliasso em decisão do último dia 16 de dezembro
Foto: Facebook/Reprodução

O ator Bruno Gagliasso, 38, obteve uma primeira vitória na Justiça ao conseguir anular quatro multas de trânsito de 2017 e recuperar sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e, por consequência, o direito de dirigir.

Na ocasião, o Detran-RJ havia cassado o direito dele de guiar por conta de sete multas e um total de quase 30 pontos na carteira. Porém, o ator não aceitou e entrou na Justiça, já que alegava não ter recebido as notificações sobre as multas e não ter podido se defender.

O caso teve uma primeira vitória parcial de Gagliasso em decisão do último dia 16 de dezembro. Cabe recurso. Ele recuperou a CNH e anulou quatro das sete multas. As informações foram divulgadas pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

O ator segue à espera de mais desdobramentos do caso. Enquanto isso, vai cuidando da decoração de seu rancho de luxo, em Membeca, Paraíba do Sul, no Rio. "Meu projeto de interiores do rancho ficou pronto. Quem é viciado em arquitetura sabe o que eu estou sentindo", afirmou ele no Instagram.

O projeto foi desenvolvido pela arquiteta Hana Lerner, que Gagliasso classificou como "a melhor designer de interiores de todas". Ela explicou, também nas redes sociais, que o rancho terá uma atmosfera acolhedora com "tapete estampado, sofá azul, poltronas de couro e muita luz natural". "Só de olhar já dá vontade de relaxar", disse.

Bruno Gagliasso afirmou ainda que tem uma conexão com o local, onde ele e a esposa, a atriz Giovanna Ewbank, 34, irão morar com os filhos Titi, 7, Bless, 6, e Zyan, de sete meses. "Esse lugar tem algo mágico. Tudo aqui é poesia e tenho encontrado um bom amigo no por do sol", afirmou.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?