Bazar beneficente busca arrecadar verba para projetos de inclusão de autistas

Os produtos que estarão a venda somam 2.500 peças, com preços a partir de R$ 1,00; a entrada é gratuita

Legenda: Segunda edição do Bazar FAZ Bem, em outubro de 2018
Foto: FOTO: DIVULGAÇÃO

Promovido pela Associação Fortaleza Azul – FAZ, o 3º Bazar FAZ Bem busca arrecadar verba para a causa do autismo, um transtorno de comportamento cada vez mais presente na sociedade. O evento oferece artigos de vestuário, decoração, brinquedos e objetos com preços acessíveis, e ao mesmo tempo, proporciona a contribuição com o projeto. O bazar acontece no sábado, dia 14 de setembro, das 10 horas às 16 horas, no BNB Clube Aldeota. A entrada é gratuita.

Os produtos doados para o bazar estão novos ou em excelente estado e somam cerca de 2.500 peças, com preços a partir de R$ 1,00. Segundo a presidente da Faz, Daniela Botelho, a verba arrecadada a partir do evento será destinada para várias áreas: “Toda a renda será revertida para projetos e ações de inclusão de autistas na sociedade, promovidos pela Fortaleza Azul, como palestras em escolas, capacitações com familiares, educadores, eventos pedagógicos e sociais, bem como para o nosso projeto principal de construção de uma sede própria para a Associação”

O Autismo

A Organização das Nações Unidas (ONU) calcula que o autismo afeta uma em cada 160 crianças no mundo. O Centro de Controle e Prevenção de Doenças estima que a cada 59 nascimentos uma criança nasça autista. Estima-se que existam cerca de 70 milhões de pessoas nessa condição no mundo e que, no Brasil, sejam aproximadamente dois milhões de pessoas dentro do Transtorno do Espectro Autista (TEA).