Algoterapia e argiloterapia são utilizadas na reconstrução capilar

À base de algas, o tratamento é indicado para nutrir e eliminar resíduos acumulados nos fios devido à exposição ao sol, ao cloro e ao sal do mar

Legenda: Os tratamentos com as algas ou argila, purificam, hidratam e nutrem os fios
Foto: FOTO: FABIANE DE PAULA

As férias de julho acabaram, mas os cuidados com os cabelos estão só começando, principalmente para quem incluiu no roteiro os banhos de mar e de piscina. Com as energias já recarregadas, é hora de cuidar da aparência, afinal, não tem cabelo que suporte tanta exposição ao sol, ao cloro e ao sal, em especial aqueles que recebem química com frequência.

Para tratar dos fios que passaram pelas agressões causadas por esses agentes naturais, o terapeuta capilar Halyson Diego recomenda a hidratação com algoterapia. O procedimento realiza a purificação dos fios. "Ao mesmo tempo que retira os resíduos acumulados, devolve os nutrientes, deixando os cabelos brilhosos e macios", destaca.

Legenda: A máscara nutritiva repõe o lipídio e ameniza os danos da desidratação causados nos cabelos
Foto: FOTO: FABIANE DE PAULA

Conforme o especialista, a algoterapia é um recurso bastante indicado na eliminação do efeito esverdeado causado pela absorção do cloro nos cabelos descoloridos após o banho de piscina. "Em apenas uma sessão é possível reduzir até 30% da tonalidade esverdeada", afirma.

Aplicação

O tratamento com algas marinhas pardas é concluído em quatro etapas. No primeiro momento, as algas processadas e desidratadas são imersas em água morna para ser homogeneizadas e transformadas em gel. Em seguida, a mistura é aplicada no couro cabeludo, da raiz até as pontas dos cabelos.

Após os 20 minutos de ação do produto, é hora de higienizar os fios. A linha, incluindo condicionador e máscara, deve ser específica para repor os lipídios e proteínas dos cabelos.

Legenda: A escovação pode ser feita após as terapias. Além de arrumar os fios, ela dá visibilidade ao resultado
Foto: FOTO: FABIANE DE PAULA

A argiloperapia é outra sugestão de tratamento indicada pelo terapeuta capilar com funcionalidade detox e reconstrução dos fios que sofreram agressões do sol, vento, poeira, cloro e sal.

Para manter a nutrição promovida pelas terapias feitas com algas e argila, é fundamental que a hidratação aconteça também em casa. "O uso da chapinha danifica demais os cabelos. Portanto, a utilização caseira, após um dos procedimentos, deve ser evitada, especialmente por quem não tem habilidade com o equipamento", aconselha Halyson Diego.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?