Corpo de jovem desaparecida é encontrado dentro de saco plástico em João Pessoa

A jovem saiu na última sexta-feira (23) de Caruaru, em Pernambuco, para encontrar um suposto amigo na capital paraibana

Jovem em selfie
Legenda: Patrícia viajou para se encontrar com o suposto amigo
Foto: Reprodução Instagra,

Desaparecida desde domingo (25), a pernambucana Patrícia Roberta Gomes da Silva, de 22 anos, foi encontrada morta dentro de um saco plástico, em uma mata no conjunto Novo Geisel, em João Pessoa, na Paraíba. As informações são do Jornal do Commercio

A jovem saiu na última sexta-feira (23) de Caruaru, em Pernambuco, para encontrar um suposto amigo — identificado como Jonathan — na capital paraibana. 

Conforme apuração do veículo, o corpo de Patrícia foi encontrado em situação de decomposição avançada e próximo ao condomínio onde o homem mora. 

A prisão preventiva do suposto amigo, que é o suspeito de cometer o crime, já foi expedida. Ele ainda não foi localizado.

Crime

Em entrevista ao G1 local, a perita responsável pelo caso, Amanda Melo, informou que, no apartamento do suspeito, foi encontrada uma lista com nome de mulheres, um altar com "livros de ocultismos" e “escritos perturbadores”. 

Dentre as anotações, havia frases como "à noite eu saio para matar".

Os investigadores também identificaram indícios de acesso à chamada "deep web", utilizada para conteúdos anônimos e ilegais na internet que não podem ser encontrados por buscadores.

Outros vestígios foram as fronhas de travesseiro encontradas com manchas. A perícia ainda realizará testes para identificar se há sêmen e sangue no material. 

Investigação 

Conforme o G1 da Paraíba, testemunhas viram o suspeito sair do prédio onde mora com um tonel de lixo sobre um carrinho de mão. Um dos vizinhos teria seguido o Jonathan e avistado que ele estaria carregando um corpo. 

Durante as buscas no apartamento dele, a polícia encontrou o carrinho de mão jogado na lixeira e com roupas que poderiam ser da Patrícia. 

Imagens de câmeras de segurança do condomínio também registraram o momento que o suspeito saiu em uma motocicleta, carregando algo. Para a polícia, era o corpo de Patrícia.  

Último contato com a família

O último contato de Patrícia com a família foi no domingo (23), quando conversou com a mãe. Em mensagens via aplicativo, ela informou que voltaria para Caruaru com Jonathan.

No dia anterior, a filha havia relatado que o suspeito a deixou trancada no quarto durante todo o dia. Diante das informações, a mãe chegou a questioná-la, mas não obteve mais respostas.