Chefe do tráfico italiano, Rocco Morabito é preso pela Polícia Federal na Paraíba

Considerado um dos narcotraficantes mais procurados do mundo, Rocco Morabito foi detido em João Pessoa

Rocco Morabito preso pela polícia
Legenda: Rocco Morabito é procurado pela justiça italiana desde 1995, acusado de associação criminosa e tráfico de drogas
Foto: AFP

Um dos narcotraficantes mais procurados do mundo foi preso pela Polícia Federal no estado da Paraíba, nesta segunda-feira (24). Rocco Morabito havia fugido de uma prisão no Uruguai em junho de 2019 e foi capturado na cidade de João Pessoa. 

A prisão foi resultado de um trabalho conjunto da PF com a Interpol, a polícia internacional, a partir de um mandado expedido pelo Supremo Tribunal Federal (STF). 

Considerado chefe da Ndrangheta - tida como uma das maiores e mais poderosas facções criminosas do mundo - ele foi preso junto a outro foragido italiano, cuja identidade não foi revelada em decorrência de "uma investigação conjunta entre Brasil e Itália", segundo comunicado policial.

De acordo com a PF, "há registros da ligação de Rocco Morabito com a organização do tráfico de drogas entre Brasil e Europa desde a década de 90". 

Procurado desde 1995

Rocco Morabito é procurado pela justiça italiana desde 1995, acusado de associação criminosa e tráfico de drogas. Ele foi condenado 'in absentia', quando o réu não está presente no julgamento, a 28 anos de prisão, depois ampliados para 30 anos.

Ele chegou a ser preso em 2017 em um hotel de Montevidéu, e a justiça uruguaia aprovou sua extradição para a Itália em 2018. Em junho de 2019, no entanto, fugiu da prisão ao lado de outros três estrangeiros.