Regina Duarte pede desculpas por fake news sobre Marisa Letícia e se retrata: 'fui induzida ao erro'

Atriz e ex-secretária da Cultura foi condenada a publicar nota por divulgar que ex-primeira-dama do Brasil tinha R$ 256 milhões na conta

Regina Duarte
Legenda: Ela falou que não quis propagar inverdade, mas que foi induzida a erro
Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

A atriz e ex-secretária da Cultura Regina Duarte publicou na última sexta-feira (7) em seu Instagram "um sincero pedido de desculpas à memória de D. Marisa Letícia e a sua família" após ter sido condenada por ter compartilhado a fake news de que a esposa do ex-presidente Lula tinha R$ 256 milhões na conta.

"Nunca foi minha intenção divulgar uma inverdade ou propagar fake news. Infelizmente, neste caso, fui induzida ao erro e quero por isso estender, pelo sucedido, um sincero pedido de desculpas à memória de D. Marisa Letícia e a sua família", escreveu Regina Duarte.

Em 11 de abril de 2020, ela compartilhou a informação de que foram encontrados R$ 256 milhões nas contas da ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva.

Confusão

Na verdade, o saldo apresentava R$ 26 mil. Um juiz confundiu a quantia aplicada em CDBs com debêntures de outra natureza.

Ele questionou a defesa e, antes mesmo do esclarecimento, as redes bolsonaristas passaram a divulgar o valor errado.
Regina Duarte também publicou a sentença na qual foi condenada a fazer a retratação.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil