Prefeitura do Rio de Janeiro prevê vacinação de todos com 18 anos ou mais até outubro de 2021

Eduardo Paes pretende terminar, ao longo das próximas duas semanas, a imunização das pessoas com comorbidade ou deficiência permanente

Vacina contra a Covid-19
Legenda: Dividida por faixa etária, a data para começo da imunização destas pessoas está prevista para a segunda quinzena do mês citado
Foto: Carl de Souza/AFP

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, anunciou na noite desta quarta-feira (12) que pretender vacinar todos os moradores da cidade que tiverem 18 anos ou mais até outubro de 2021. Nas redes sociais, ele publicou o novo calendário de imunização contra a Covid-19.

"Temos recebido de forma regular e em mais quantidade as vacinas, especialmente a Astrazeneca. Isso nos permite ter mais previsibilidade na divulgação desse calendário. Pretendemos, ao longo das próximas duas semanas, terminar a vacinação de todas as pessoas com comorbidade e pessoas com deficiência permanente (PCD)", escreveu o gestor municipal no Twitter.

Calendário

De acordo com o cronograma que foi divulgado na conta do prefeito, a imunização de pessoas que estão fora do grupo prioritário terá início a partir de 31 maio.

Iniciada por mulheres de 59 anos, a vacinação seguirá dividida por gênero e faixa etária até 23 de outubro, quando passará a contemplar pessoas com 18 anos ou mais.

Também pelas redes sociais, a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro informou que "as datas foram definidas com base na previsão de chegada de doses e o calendário pode ser cumprido se não ocorrerem atrasos".

Paralisação

Assim como aconteceu em Fortaleza, o Rio de Janeiro teve que adiar mais uma vez a aplicação da segunda dose da Coronavac devido à falta de vacinas.

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro esperava receber 90 mil imunizantes do Ministério da Saúde e seguir com o cronograma que havia sido pré-estabelecido.

No entanto, sem o novo lote, a oferta da segunda dose para idosos de 65 e 64 anos foi adiada de quinta-feira (13) para sexta-feira (14).

1ª dose

Entretanto, com a nova remessa da Pfizer, a Prefeitura do Rio de Janeiro antecipou, nesta quarta-feira (12), o calendário de imunização contra a doença com a primeira dose. 

Desta forma, nesta quinta-feira (!3), os homens que integram os grupos prioritários de 48 e 47 anos tomarão o imunizante pela manhã. Mulheres de 47 e 46 anos receberão pela tarde.

Já na sexta-feira (14) será aplicada a primeira dose nos homens de 46 anos que estão inclusos nos grupos prioritários. No sábado (15) é a vez das mulheres de 45 anos.

 

 

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil