MC Neguinho JM é morto a tiros em perseguição policial na zona sul de São Paulo

Jovem, que era promessa do funk, estava desarmado e não tinha passagens pela Polícia

O funkeiro MC Neguinho JM em foto promocional. Ele está de camisa colorida de azul, vermelho e branco e usa um colar grande. Está de óculos escuros.
Legenda: MC Neguinho JM era tido como uma promessa do funk.
Foto: Reprodução/Instagram

David Meireles Miranda, 19, conhecido como 'MC Neguinho JM', foi morto a tiros pela Polícia Militar de São Paulo no último sábado (2). A cena da perseguição foi gravada por uma câmera de segurança.

O episódio aconteceu na zona sul da capital paulista. Segundo informações do G1, Davi pilotava uma moto emprestada e, nas imagens, é possível ver que ele não usava capacete. Ele estava desarmado e foi alvejado no tórax. Não resistiu aos ferimentos e morreu na rua Marechal João Carlos Barreto, no Campo Limpo.

Ainda conforme as imagens, o passageiro que estava na garupa da moto também estava sem capacete, porém, armado. Jeferson Fernando da Silva Souza, segundo a PM, teria ameaçado atirar contra os agentes que estavam na base policial do bairro. Houve troca de tiros e ele foi alvejado na cabeça.

"Minha missão é provar que ele [MC Neguinho] não é bandido, que não é um ladrão. Eu vou provar e já estou provando", disse Bianca Meireles, 24, irmã de Davi, em vídeo publicado nas redes sociais. "Só peço a Deus que o coloque em um bom lugar".

A irmã do funkeiro MC Neguinho JM em vídeo publicado no Instagram.
Legenda: Bianca Meireles é irmã de MC Neguinho JM.
Foto: Reprodução/Instagram

MC Neguinho JM não tinha passagens pela polícia. No entanto, Jeferson, de acordo com o G1, já havia respondido por posse ilegal de arma de fogo e por receptação de produto de crime.

O caso foi registrado no 47º Distrito Policial (DP) como desobediência, lesão corporal e morte decorrente de intervenção à oposição policial.

Feridos

Jeferson, segundo o G1, com informações da Secretaria da Segurança Pública (SSP), está internado em estado grave em um hospital de São Paulo.

Uma adolescente que passava pela rua no momento da perseguição também foi atingida pelo tiroteio. O disparo pegou em sua perna. Ela, porém, não corre risco de morrer.

MC Neguinho

MC Neguinho JM era tido como uma "promessa do funk", segundo os amigos disseram ao G1. Recentemente, ele gravou a música 'Um Piloto e Um Garupa', em parceria com MC Luuky.

O corpo do cantor foi enterrado na manhã desta segunda-feira (4), no Cemitério da Paz, em Embu das Artes. A família e os amigos fizeram pedidos de justiça, para que os policiais que aparecem nos vídeos sejam responsabilizados pela morte do funkeiro. “A gente sabe que foi uma injustiça o que aconteceu com ele”, disse Bianca no Instagram.

Investigação

O Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) é o responsável por investigar, na Polícia Civil, o caso. Segundo a SSP informou ao G1, também foi aberto inquérito policial militar para apurar a conduta dos agentes.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil

Assuntos Relacionados