Justiça do Rio condena ator Dado Dolabella por agressão

A juíza Ane Cristine Scheele Santos, do 1º Juizado de Violência Doméstica Familiar, condenou ontem o ator Dado Dolabella por agredir em 2008 a sua ex-noiva, a atriz Luana Piovani, em uma boate da zona sul do Rio de Janeiro.

Segundo o Ministério Público, na ocasião, Dolabella estaria alcoolizado e teria derrubado Luana com um tapa. O ator teria ainda segurado a atriz pelos braços de forma violenta. O caso corre em segredo Justiça e por isso não é possível saber qual a pena aplicada. Dolabella ainda pode recorrer da decisão.

Dado nega ter agredido sua ex-noiva. A camareira dela, Esmeralda de Souza, também disse ter sido agredida pelo ator. As imagens do circuito de câmeras da boate foram analisadas.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil