Jornalista David Coimbra morre aos 60 anos, em Porto Alegre

Colunista do jornal Zero Hora estava internado para tratar câncer no rim descoberto em 2013

David Coimbra
Legenda: Morreu aos 60 anos o jornalista David Coimbra
Foto: Acervo Pessoal / Divulgação

Morreu em Porto Alegre nesta sexta-feira (27) o jornalista David Coimbra, aos 60 anos. Ele estava internado desde domingo (22) no Hospital Moinhos de Vento para tratar um câncer no rim descoberto em 2013. As informações são do G1

David deixa a esposa, Márcia, e o filho, Bernardo, de 13 anos. A unidade de saúde confirmou em nota a morte do profissional.

"O Hospital Moinhos de Vento informa com pesar o falecimento do jornalista David Coimbra, nesta sexta-feira (27), aos 60 anos, em decorrência de complicações em função de um câncer renal. Ele estava internado na instituição desde o dia 22 de maio e, na última quinta-feira, foi encaminhado ao Centro de Terapia Intensiva", disse o hospital. 

Além de Jornalista, Coimbra era radialista, escritor e cronista, sendo um autores mais reconhecidos do Rio Grande do Sul. Com passagens por diferentes redações do Sul do país, ele assinou obras literárias, foi cronista, e apresentador. 

Seu último livro, "Hoje eu venci o câncer", foi lançado em 2018, e relata como o jornalista descobriu a doença e quais métodos o ajudaram no tratamento.

Carreira de David Coimbra

Formado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), David Coimbra trabalhou como assessor de imprensa da Livraria e Editora Sulina antes de dar início à carreira de repórter e editor, sob a qual fez carreira em jornais como Correio do Povo, Diário Catarinense, Jornal da Manhã, Jornal NH e Jornal de Santa Catarina, além das rádios Eldorado e Guaíba e da RCE TV.

Nos anos 1990, assumiu como editor de Esportes de Zero Hora e promoveu uma mudança de forma e conteúdo. Também passou a cobrir a Seleção Brasileira, e na Copa de 1998 se tornou cronista.

Atualmente, David escrevia uma coluna diária no jornal Zero Hora e participava dos programas Timeline e Sala de Redação, na Rádio Gaúcha. No extinto canal TV Com, era membro frequente dos programas Bate-Bola e Café TV Com.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil