Homem humilha garis que realizam coleta: "vai limpar lixo, tenho nível superior"; veja vídeo

O caso foi gravado no último sábado (22), mas ganhou repercussão nas redes sociais na última segunda-feira (24)

Legenda: A Polícia Civil falou que estava apurando o caso por meio da Delegacia de Combate aos Crimes Discriminatórios e Homofóbicos.
Foto: Reprodução.

Durante a coleta de entulhos realizada por garis, no último sábado (22), um homem do distrito de Icoaraci, em Belém, no Pará, foi filmado destratando os profissionais. Segundo o Estado de Minas, as imagens circularam nas redes sociais e ganharam mais destaque desde segunda-feira (24). 

No vídeo, o homem solta "vai limpar lixo", dizendo ainda que ele não iria varrer o chão porque tinha nível superior. "Pode tirar ali, 'bora', tudinho, mais ali", acrescenta.

Após o caso, a assessoria jurídica foi acionada e um boletim de ocorrência foi registrado pelo crime de desacato aos garis, detalhou a Agência Distrital de Icoaraci, ligada à Prefeitura de Belém.

A Agência acrescentou também que a Secretaria de Segurança Pública do Estado e a Polícia Civil do Pará iria ser acionadas para apurar o caso e punir o morador

O caso também está sendo apurado pela Polícia Civil por meio da Delegacia de Combate aos Crimes Discriminatórios e Homofóbicos. Segundo o órgão, todos os envolvidos no caso serão intimados a prestar depoimentos.

PEDIDO DE DESCULPA

Em postagens nas redes sociais, o morador publicou um vídeo relatando sua versão da ocorrência. Segundo ele, desejava apenas registrar a limpeza em sua rua alguns dias depois de abrir um protocolo de retirada de entulho. No vídeo, pediu desculpas pelo tom usado contra os garis e disse que não queria humilhá-los

"Me perdoem, eu não quis em momento algum humilhar ninguém, até porque eu estava no meu direito de cidadão, eu fiz uma cobrança, fiz um pedido, foi feito um protocolo, eu esperava que ele fosse executado no tempo que me falaram. Eu há muitos anos venho lutando por essa questão do lixo, pela melhoria de Icoaraci", afirmou.

Na justificativa, ainda explicou que o tom "forte" de sua fala faz parte se sua personalidade e que não esperava que a situação ganhasse tamanha proporção. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil

Assuntos Relacionados