Ex-PM cruzou mangue e atravessou lagoa a nado para fugir da polícia, na Bahia

Fuga aconteceu quando Adriano Magalhães da Nóbrega ainda estava foragido. Ele foi morto no domingo (9), na cidade de Esplanada, na Bahia

O ex capitão da PM, Adriano Magalhães da Nóbrega conseguiu escapar de uma ação polícial cruzando uma área de mangue e atravessando a nado uma lagoa que fica próximo a um condomínio de luxo na Costa do Sauípe, na Bahia. A fuga aconteceu quando o miliciano ainda estava foragido, de acordo com investigações da polícia, reveladas nesta terça-feira (11), pelo Jornal Nacional, da TV Globo.

Nóbrega era suspeito de comandar um grupo que cometeu dezenas de homicídios: o Escritório do Crime. Ele foi morto no domingo (9) na cidade de Esplanada, município na Bahia, ao ser encontrado por agentes do Batalhão de Operações Especiais (Bope) daquele estado.

Segundo as investigações, em dezembro do ano passado, Adriano da Nóbrega alugou uma casa em um condomínio de luxo na Costa do Sauípe. No local, o capitão praticava exercícios físicos diariamente na academia do condomínio. 

Ao perceber o cerco da polícia, Nóbrega fugiu pelos fundos da casa, cruzou uma região de mangue, mergulhou em uma lagoa e nadou por cerca de um quilômetro em 50 minutos. A rota de fuga foi descoberta por meio de investigações dos policiais da Bahia.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil